Bem vindo(a) ao CEBI ! (51) 3568-2560

O Cristão Verdadeiro Defende a Vida, e Dá Sua Vida

O Cristão Verdadeiro Defende a Vida, e Dá Sua Vida
5 de maio de 2022 Comunicação

A fé se mostra mais nas ações que nos ritos, orações e palavras.  É isso que Jesus afirmara na discussão com as autoridades religiosas em plena festa da dedicação do Templo. Por isso, os chefes do Templo o questionam: “Até quando nos deixarás em suspenso? Se tu és o Messias, o Cristo, dize-nos abertamente!” E Jesus retruca: “Eu já vos disse, mas vós não acreditais. As obras que eu faço em nome do meu Pai dão testemunho de mim” (Jo 10, 24-25).

Mas Jesus não deixa de apresentar suas credenciais de Messias e enviado do Pai: são as ações que realiza em favor da humanidade, especialmente em favor dos ‘últimos’ da escala social. E, no debate com as autoridades, nega a legitimidade de uma fé que não tenha apoio nas ações. Para ele, quem é solidário e compassivo está ao lado do ser humano e também está com Deus. E quem está de alguma maneira contra o ser humano, mesmo que invoque o nome de Deus e participe de ritos religiosos, está, de fato, contra ele. Este é o critério que confere a autenticidade à nossa fé!

É neste mesmo contexto que Jesus diz que dá a vida eterna ao seu rebanho, que ninguém o toma da sua mão. Mas ser ovelha do rebanho de Jesus Cristo, implica em escutar sua Palavra, aderir a ela e seguir seus passos; exige assumir sua ‘pró-existência’ como dinamismo fundamental da vida. Crer nas obras que defendem e resgatam a dignidade humana e multiplica-las é mais importante que crer na sua Palavra (cf. Jo 10,38). Crer em Jesus significa prosseguir sua ação, entregar-se sem reservas à luta pelo bem da humanidade.

A autenticidade da nossa fé em Jesus não está na multiplicação de atividades desconexas e sem alma. O denominador comum das múltiplas ações que expressam nossa fé é o amor, o dinamismo básico e permanente que nos move no reconhecimento do outro como outro, na afirmação da sua dignidade inviolável e na priorização das suas necessidades, inclusive em detrimento das nossas. É o amor que faz da vida de Jesus e da nossa uma existência ‘descentrada’, uma vida voltada aos outros, aos pobres e necessitados.  É o amor que nos faz humanos, que nos dá à luz como pessoas.

É por isso que, deportado na ilha de Patmos, João ‘visualiza’ a Igreja como uma imensa comunidade rede de pessoas, impossível de ser quantificada, “de todas as nações, tribos e línguas”. São as pessoas que deram suas vidas nas inúmeras lutas pela vida e ‘lavaram’ suas roupas num amor compassivo e solidário, como o Mestre Jesus. É isso que as mantém de pé diante do Cordeiro, esse é o ‘culto’ que lhe prestam. E Jesus enxuga suas lágrimas e as conduz às fontes de água viva.

O amor autêntico não reconhece nenhum tipo de fronteira: ele derruba os muros levantados em nome da religião, da raça, da classe, do sangue, dos interesses individuais. Porque parte sempre do ‘outro’, o amor é o único dinamismo capaz de globalizar verdadeiramente o mundo, sem excluir ninguém. É isso que testemunham Paulo e Barnabé, quando abrem as fronteiras rígidas do judaísmo aos povos não-judeus. Experimentando esta acolhida e respeito, os cristãos de origem não-judaica vivem uma grande alegria, que nem a violenta perseguição movida por mentes medrosas e violentas conseguem fazê-los voltar atrás.

Mas aqui precisamos lembrar de novo que o amor não se resume a um princípio formal ou a um difuso sentimento interior. Sendo uma opção fundamental e um horizonte iluminador e crítico, o amor não existe fora das infinitas e pequenas ações que o encarnam na realidade. Poderíamos dizer que o amor não existe em si mesmo, mas ‘vai sendo’ na imensa constelação de ações que afirmam e potencializam a vida e a dignidade das pessoas, começando pelas que nos são próximas e chegando àquelas que deslocamos para longe. O amor não é substantivo, mas verbo, ação!

Jesus de Nazaré, Cordeiro de Deus e Bom Pastor! Através dos homens e mulheres que vivem a vocação como serviço e compaixão fazes teu amor libertador chegar a todas as gerações. Faz com que nossa palavra e nosso testemunho ajude a Boa Notícia do teu Reino a chegar a todos os rincões da terra. Tu nos fizeste, nos chamaste e somos teus. Como as mães, cujo dia hoje celebramos, possamos então realizar com desvelo e criatividade a missão que nos confiaste, membros diferentes de um único corpo no qual bate um único coração. Assim seja! Amém!

Itacir Brassiani msf

Liga228 situs judi bola merupakan situs judi bola online dengan pasaran terlengkap.

Kunjungi situs judi bola terlengkap dan terupdate seluruh asia.

Situs sbobet resmi terpercaya. Daftar situs slot online gacor resmi terbaik. Agen situs judi bola resmi terpercaya. Situs idn poker online resmi. Agen situs idn poker online resmi terpercaya. Situs idn poker terpercaya.

situs idn poker terbesar di Indonesia.

List website idn poker terbaik.

Game situs slot online resmi