Reflexão do Evangelho

O Amor Compassivo é a Fonte, a Meta e o Método da Missão

No entardecer da vida seremos julgados pelo amor, afirma o místico e poeta. Mas no alvorecer e
no meio-dia da nossa existência, o verbo amar há de ser conjugado em todos os tempos e modos,
inclusive no imperativo, mas especialmente no presente e no gerúndio. O testamento de Jesus
nos e o testemunho corajoso das primeiras comunidades cristãs, nascidas do amor espiritual,
humano e político dos apóstolos, estão aí, vivos e eloquentes, para que não esqueçamos disso.
A meta que dá sentido à nossa vida e missão é o Reino de Deus. Os cristãos não podem passar
pelo mundo caminhando na ponta dos pés, como se tivessem medo de se contaminar. Também
não podemos voltar o olhar para uma ilusória interioridade, como se não tivéssemos outra tarefa
além de salvar a própria alma. Não foi isso que Jesus Cristo fez, e não foi isso que seus melhores
discípulos e discípulas fizeram ao longo dos vinte séculos de história do cristianismo. A esperança
de novos céus e nova terra nos comprometem na transfiguração desta terra!

E nem mesmo as dificuldades que enfrentamos podem nos levar a desistir da grande Utopia que
nos faz caminhar. O terremoto da perseguição que se abatia sobre os cristãos no final no primeiro
século não impediu que João e sua comunidade visualizassem novos céus e nova terra: uma
cidade-sociedade santa, bela como noiva enfeitada para o casamento; a tenda da morada
definitiva de Deus no coração da humanidade; a presença de Deus, como mãe, enxugando
nossas lágrimas; a terra sem males, espaço do bem-viver, como sonham ensinam nossos povos
originários.

Mas precisamos pôr nossa inteligência em funcionamento para dar a esta imagem poética traços
históricos e atuais: um mundo sem barreiras para os migrantes, e no qual haja lugar para todos os
seres humanos; um sistema econômico que respeite e preserve a criação; uma política que não
se limite a assegurar os privilégios de uma pequena elite, cortar os investimentos em políticas
sociais, armar os violentos e atentar contra a democracia; uma cultura amante da humanidade, da
criatividade, da liberdade e da beleza; uma Igreja regida pela igualdade e pela compaixão.
Demonstrando plena consciência do desfecho da própria vida, e pensando no martírio que
coroaria o amor intenso que marcou toda sua vida, Jesus declara que Deus o glorificará sem
demora. Para ele, a cruz não é absurdo e ignomínia, mas a radicalização da solidariedade de
Deus com a humanidade e a suprema doação da humanidade a Deus. Por isso, é glorificação de
Deus e revelação do ser humano. Santo Irineu afirmará que a glória de Deus é a vida do ser
humano.

Para os cristãos, amar não é uma opção condicionada, mas um imperativo absoluto. E, a partir da
morte e ressurreição de Jesus, a medida do amor é Jesus. “Eu vos dou um novo mandamento.
Amai-vos uns aos outros. Como eu vos amei, assim também vós deveis amar-vos uns aos
outros.” Jesus faz questão de sublinhar que a medida que verifica o amor é nova. A medida do
amor é amar sem medidas, dirão os místicos. A partir de Jesus de Nazaré, amar significa lutar
para que todos tenham vida, dando da própria vida e arriscando a própria vida.
Prosseguindo o diálogo testamentário com seus discípulos, Jesus diz: “Quem crê em mim fará as
obras que eu faço, e fará ainda maiores do que estas. Se alguém me ama, guardará a minha
palavra; meu Pai o amará, e nós viremos e faremos nele a nossa morada” (Jo 14,12-23). Isso quer
dizer que a comunidade dos que amam verdadeiramente se torna a morada de Deus no mundo. E
então o amor ao próximo e ao distante se torna o estatuto e a identidade da comunidade cristã.
“Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos: se vos amardes uns aos outros”.

Jesus de Nazaré, Cordeiro de Deus e missionário do Pai, expressão viva e inequívoca do verbo
amar. Lavando os pés dos discípulos, inclusive de Pedro e de Judas, tu nos perguntas se
entendemos o que estás fazendo. Na verdade, ainda não entendemos tudo e profundamente. Por
isso, aproximamo-nos de novo da mesa da Palavra e do Pão. Queremos contemplar teu gesto e
aprender tua lição e vivê-la nos caminhos do mundo e nos cenáculos da vida, fazendo-nos tudo
para todos, sempre amando e servindo, vivendo e testemunhando a Boa Notícia que anima os
pobres, levanta os caídos e abre os olhos aos cegos. Assim seja! Amém!

ANO C | TEMPO PASCAL | QUINTO DOMINGO | 15.05.2022

ATOS DOS APÓSTOLOS 14,21-27 | SALMO 144 (145) | APOCALIPSE DE SÃO JOÃO 21,1-5 |
EVANGELHO DE SÃO JOÃO (13,31-35)

Itacir Brassiani msf

Liga228 situs judi bola merupakan situs judi bola online dengan pasaran terlengkap.

Kunjungi situs judi bola terlengkap dan terupdate seluruh asia.

Situs sbobet resmi terpercaya. Daftar situs slot online gacor resmi terbaik. Agen situs judi bola resmi terpercaya. Situs idn poker online resmi. Agen situs idn poker online resmi terpercaya. Situs idn poker terpercaya.

situs idn poker terbesar di Indonesia.

List website idn poker terbaik.

Game situs slot online resmi

slot hoki terpercaya

slot terbaru

rtp slot gacor

agen sbobet terpercaya

slot online judi bola terpercaya slot online terpercaya judi bola prediksi parlay hari ini

Seu carrinho está vazio.