Bem vindo(a) ao CEBI ! (51) 3568-2560

Pedro Casaldáliga, o profeta dos pobres

Pedro Casaldáliga, o profeta dos pobres
3 de outubro de 2017 Centro de Estudos Bíblicos

Irmãs e irmãos amados e amadas por Deus: “que a graça de nosso Senhor Jesus Cristo esteja com vocês” (Tessalonicenses 5, 28). Estou escrevendo esta carta para relatar a vocês um sonho que realizei e relatar também a oportunidade que tive em participar, pela primeira vez, do encontro regional das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs) do Regional Oeste II da CNBB.

​A cidade de São Félix do Araguaia foi o chão do encontro dos leigos e leigas, líderes das comunidades eclesiais de base da igreja católica do nosso estado do Mato Grosso (MT) que nos recebeu com muito carinho e de braços e casas abertas. Fomos recebidos pela juventude que nos acolheu e nos direcionaram as casas das famílias da cidade.

Fiquei na casa do Zezinho e sua filhinha (sua esposa estava em Cuiabá se tratando de um câncer de mama). A cidade é pequena e humilde, mas é enorme no acolhimento. Está situada na região nordeste do MT, divisa com o estado do Tocantins (TO) sendo o Rio Araguaia, o divisor dos estados.

Assim, durante os dias 07 a 10 de setembro de 2017 a igreja se reuniu à luz do evangelho para avaliar, refletir e celebrar a vida da caminhada das CEBs do MT. Estiveram reunidas mais de 600 lideranças negras, brancas e indígenas, homens e mulheres lutadoras e lutadores pela vida. Além das lideranças, estiveram presentes padres, diáconos, seminaristas, irmãs e religiosas. O que mais me chamou a atenção foi a presença dos bispos que participaram durante todos os dias do encontro e se misturaram no meio do povo com muita humildade e simplicidade.

​O tema do encontro foi “os desafios das CEBs diante do mundo urbano e rural”. O tema foi debatido através de palestras, pequenos grupos, miniplenárias e plenárias. Além do mais os participantes tiveram o direito de falar por meio da “fila do povo”. Muitos foram os desafios elencados pelos participantes, mas a meu ver, o destaque foi o desafio de ser igreja diante do avanço do agronegócio no nosso estado.

Um modelo de desenvolvimento do campo que ignora a diversidade e desrespeita a vida!

Fiquei impressionado com a região e com a igreja da Prelazia de São Félix do Araguaia. Uma igreja que visivelmente tem a opção preferencial pelos pobres, negros, indígenas, ribeirinhos e pescadores. O grande responsável por esta opção, por esta postura é o D. Pedro Casaldáliga, bispo emérito da Prelazia. D. Pedro chegou ao Brasil em 1968 e fundou a missão claretiana no Estado do Mato Grosso. Naquela época, a região possuía um alto grau de analfabetismo, marginalização social e concentração fundiária, onde eram comuns os assassinatos.

Como bispo, Casaldáliga defendeu e defende que a Evangelização deve ser sem colonialismos, vinculada à promoção humana e à defesa dos direitos humanos, dos mais pobres; criou comunidades eclesiais de base com líderes que sejam fermento entre os pobres; acredita na Encarnação na vida, nas lutas e esperanças do povo; que a igreja deve ter uma estrutura participativa, corresponsável e democrática na diocese.

O bispo também prefere não utilizar os tradicionais trajes eclesiásticos, em vez da mitra, preferia o chapéu de palha, em vez de um anel de ouro, utilizava um anel de tucum. Devido a postura e a opção pelos marginalizados, Dom Pedro já foi alvo de inúmeras ameaças de morte. A mais grave foi em 1976 em Ribeirão Cascalheira – MT, após forte discussão com policiais.

Ao ser informado que duas mulheres estavam sendo torturadas na delegacia local, se dirigiu até a delegacia. Foi acompanhado pelo padre jesuíta João Bosco Penido Burnier que ameaçou denunciar os policiais às autoridades, sendo agredido e alvejado com um tiro na nuca.

​Em São Félix do Araguaia realizei um dos meus sonhos em conhecer o bispo dos pobres. Um seminarista me levou até a casa dele. Aliás, uma casa muito humilde com uma energia incrível. Sempre sonhei em conhecer Dom Pedro, desde a época em que participava da Pastoral da Juventude Rural (PJR) em meados dos anos 2000. D. Pedro, mesmo sofrendo do mal de Parkinson, nos presenteou com sua presença durante o encontro das CEBs. Um momento muito emocionante, onde várias lágrimas foram derramadas de tamanha comoção em ver o bispo dos pobres. Durante sua rápida visita, sussurrou no ouvido do padre de São Félix para seguirmos em frente com amor e esperança.

​Mesmo depois da doença, não perdeu a combatividade e a franqueza, criticando a hierarquia da igreja que deveria se abrir ao diálogo em lugar de excomungar e proibir, defendendo a ordenação de mulheres e afirmando ser contra o celibato sacerdotal.

​Enfim, revivi a história viva da igreja da Prelazia e reafirmei minha fé numa igreja missionária, profética e que tem a opção preferencial pelos marginalizados!

Fonte: Por Wagner Gervazio, Comunidade Eclesial de Base Estrela do Sul, Paróquia Santa Cruz, Diocese de Sinop – Mato Grosso. Publicado pelo portal Cebs do Brasil, 01/10/2017.

Foto de capa: D. Pedro Casaldáliga no dia em que foi sagrado como bispo. Arquivo da Prelazia de São Félix. Publicado em padretelmofigueiredo.blogspot.com.br.

Liga228 situs judi bola merupakan situs judi bola online dengan pasaran terlengkap.

Kunjungi situs judi bola terlengkap dan terupdate seluruh asia.

Situs sbobet resmi terpercaya. Daftar situs slot online gacor resmi terbaik. Agen situs judi bola resmi terpercaya. Situs idn poker online resmi. Agen situs idn poker online resmi terpercaya. Situs idn poker terpercaya.

situs idn poker terbesar di Indonesia.

List website idn poker terbaik.

Game situs slot online resmi

slot hoki terpercaya

slot terbaru

rtp slot gacor

agen sbobet terpercaya

slot online judi bola terpercaya slot online terpercaya