Bem vindo(a) ao CEBI ! (51) 3568-2560

Novo Secretário Nacional da Juventude (SNJ) elenca o programa Juventude Viva como “prioridade máxima” de seu mandato

Novo Secretário Nacional da Juventude (SNJ) elenca o programa Juventude Viva como “prioridade máxima” de seu mandato
Novo Secretário Nacional da Juventude (SNJ) elenca o programa Juventude Viva como “prioridade máxima” de seu mandato
5 de janeiro de 2015 Centro de Estudos Bíblicos
Durante a transmissão de posse do Ministro Gilberto Carvalho para o Ministro Miguel Rosseto, ocorrida ontem (2), o nome de Gabriel Medina foi oficializado como Secretário Nacional da Juventude (SNJ). Medina era o Coordenador de Políticas da Juventude da prefeitura de São Paulo, comandada pelo prefeito Fernando Haddad (PT).

Em seu primeiro pronunciamento oficial, Gabriel Medina declarou que o programa Juventude Viva deve ser uma das prioridades de sua gestão. “Não podemos admitir que a violência seja a marca desta geração e, assim como o Ministro Rosseto afirmou ontem, se tivemos a capacidade de enfrentar a fome, chegou a hora de estancar o sangue e encarar o tema do extermínio da juventude, especialmente negra, moradora das periferias dos centros urbanos. Por isso, o Plano Juventude Viva será nossa prioridade máxima!”, revelou.

Medina também declarou que é “a hora de colocar a juventude no centro do projeto de desenvolvimento e efetivamente assegurar prioridade nesta agenda, aproveitando o bônus demográfico e toda criatividade e potência da maior geração de jovens da história. São 50 milhões de jovens que aguardam mais oportunidades e direitos”.

A seguir, confira na íntegra o pronunciamento de Gabriel Medina:

Ontem na transmissão de posse do Ministro Gilberto Carvalho para o Ministro Miguel Rosseto fui oficialmente anunciado como Secretário Nacional de Juventude do segundo mandato de Dilma Rousseff. Agradeço muito a confiança do Ministro Rosseto em mim depositada.

Vocês imaginam o tamanho da minha emoção e alegria, mas também sei da responsabilidade que me é atribuída nesta nova etapa.

Depois de um discurso emocionante da nossa presidenta em sua posse, sabemos que o caminho a trilhar será árduo, de muita disputa política, mas o horizonte é o aprofundamento de um projeto de esquerda, radicalmente democrático e com mais inclusão e justiça social.

A juventude foi estratégica em mais essa vitória eleitoral, aderindo de forma nunca vista a disputa nas ruas e nas redes e dizendo em alto e bom som que não aceitaria retrocessos e que queria mais mudanças.

É com essa espontaneidade, alegria, diversidade que temos que dialogar neste próximo período. Aprofundar a relação com as organizações, movimentos e coletivos juvenis de todo o Brasil para fazer grandes reformas, como a política, das comunicações, das cidades, do ensino médio e tantas outras.

E, sobretudo, reinventar os canais e formas de participação para conversar e ouvir uma maioria de jovens não organizados, que anseiam por novas formas de fazer política, mais conectadas com sua realidade e mais colaborativas.

É a hora de colocar a juventude no centro do projeto de desenvolvimento e efetivamente assegurar prioridade nesta agenda, aproveitando o bônus demográfico e toda criatividade e potência da maior geração de jovens da história. São 50 milhões de jovens que aguardam mais oportunidades e direitos.

Precisamos melhorar a infraestrutura das cidades com a criação de espaços de convivência e maior mobilidade; precisamos incluir de forma mais efetiva os 15 milhões de jovens cadastrados no Bolsa Família; precisamos melhorar a qualidade do trabalho para que seja decente e ajude na emancipação dos jovens; precisamos ampliar o acesso e a produção dos próprios jovens que se organizam aos milhares da periferia ao campo; precisamos universalizar a banda larga e ampliar as iniciativas de produção de comunicação dos jovens.

Mais do que garantir as condições econômicas, de acesso ao emprego, ao crédito e a renda, chegou a hora de investirmos no simbólico, na disputa de valores dessa geração e enfrentar o machismo, a homofobia e o racismo.

Não podemos admitir que a violência seja a marca desta geração e, assim como o Ministro Rosseto afirmou ontem, se tivemos a capacidade de enfrentar a fome, chegou a hora de estancar o sangue e encarar o tema do extermínio da juventude, especialmente negra, moradora das periferias dos centros urbanos. Por isso, o Plano Juventude Viva será nossa prioridade máxima!

Depois da aprovação do Estatuto da Juventude após as jornadas de Junho, a regulamentação da meia entrada, do transporte interestadual e do Sistema Nacional de Juventude devem estar no centro desta nova fase da SNJ, assim como precisamos ter uma atenção especial ao Plano Nacional de Juventude que certamente precisa ser atualizado e aprovado.

2015 será o ano da realização da 3ª Conferência Nacional de Juventude. Nada melhor do que aproveitar a mobilização e participação de milhares de jovens de todo o canto do Brasil para impulsionar os avanços e adequar as ações da SNJ aos desejos e expectativas dos/as jovens brasileiros. A Conferência também é uma oportunidade para que a grandiosidade e pluralidade do Brasil se expresse, indo além de centralidades políticas construídas no sudeste e em poucas capitais nordestinas.

Todos esses desafios só serão possíveis com a mobilização da juventude, nas ruas e nas redes. Sou parte desta geração que obteve conquistas a partir das lutas de rua, portanto serei sensível e buscarei aproveitar ao máximo as reivindicações que sairão das lutas para que se transformem em políticas públicas e direito.

Conto com o Conselho Nacional de Juventude, órgão que presidi representando a sociedade civil, que deve ter um papel ativo, crítico e de efetivo controle social das ações governamentais. Vamos fortalecê-lo ainda mais.

Será também de extrema importância o papel das juventudes partidárias e de todos os entes federados. O diálogo e a construção conjunta com gestores municipais e estaduais é central para o avanço da institucionalidade da agenda de juventude e seu fortalecimento.

É importante dizer que dou continuidade a um projeto de 12 anos de país, que no caso da juventude foi iniciado pelo Beto Cury e depois sucedido pela Severine Macedo. Parabenizo e agradeço aos dois pela importante contribuição dada a juventude e ao Brasil.

É com muita disposição e energia que pretendo enfrentar esse enorme desafio. Tenho a plena convicção que isso só poderá ser feito se for um projeto coletivo, feito com todos que acreditam nesta país e sonham com um futuro de mais igualdade e liberdade.

Liga228 situs judi bola merupakan situs judi bola online dengan pasaran terlengkap.

Kunjungi situs judi bola terlengkap dan terupdate seluruh asia.

Situs sbobet resmi terpercaya. Daftar situs slot online gacor resmi terbaik. Agen situs judi bola resmi terpercaya. Situs idn poker online resmi. Agen situs idn poker online resmi terpercaya. Situs idn poker terpercaya.

situs idn poker terbesar di Indonesia.

List website idn poker terbaik.

Game situs slot online resmi

slot hoki terpercaya

slot terbaru

rtp slot gacor

agen sbobet terpercaya