Bem vindo(a) ao CEBI ! (51) 3568-2560

Nota de Repúdio em solidariedade aos irmãos e irmãs das religiões afrodescendentes da cidade de Dourados-MS

Nota de Repúdio em solidariedade aos irmãos e irmãs das religiões afrodescendentes da cidade de Dourados-MS
26 de agosto de 2021 Comunicação

Nota de Repúdio em solidariedade aos irmãos e irmãs das Religiões Afrodescendentes da Cidade de Dourados MS

 

O Centro Ecumênico de Estudos Bíblicos, formado por pessoas cristãs de tradição católica e evangélica, repudia veementemente toda forma de intolerância e racismo religioso que sofre as religiões afrodescendentes, sendo atacadas constantemente por grupos fundamentalistas, fascistas e reacionários que fazem mau uso da religião e da interpretação bíblica para demonizar ou inferiorizar outras tradições religiosas.

Fazemos eco com todas as vozes que se levantaram em defesa dos Povos de Terreiro da cidade de Dourados, quando uma imagem ofensiva e preconceituosa foi veiculada pelo jornalista Bronka da Radio FM94, onde a fé e os símbolos destas religiões foram demonizados e desrespeitados. Não podemos admitir que um jornalismo rasteiro e sem compromisso com a verdade se propague e venha empobrecer o papel social do jornalismo que é informar com imparcialidade, respeito e responsabilidade.

Defendemos um Estado laico e democrático, onde todas as manifestações religiosas devem ter seu direito constitucional de livre exercício da fé preservado e garantido. Por isso reivindicamos que as providências cabíveis sejam tomadas, para que esse fato não passe impune e as pessoas envolvidas neste crime sejam responsabilizadas e penalizadas de acordo com as leis vigentes.

Reafirmamos nosso compromisso com a democracia e lutamos pelo fim da intolerância religiosa e toda forma de racismo e discriminação que fragiliza nossas relações e faz perpetuar preconceitos que geram violências. Não é possível mais tolerar a violência simbólica ou material contra as Religiões Afrodescendentes e o CEBI se coloca disponível e solidário nesta causa que é de todos e todas.

Acreditamos em um Deus que não faz acepção de pessoas, um Deus plural e diverso que acolhe todas as manifestações do Sagrado e nos ensina o amor e respeito pelo próximo. Em nome deste Deus nos unimos a todas as pessoas que desejam construir um mundo possível e acolhedor, onde culturas e religiões sejam respeitadas e toda forma de discriminação sejam extintas.

 

Dourados, 26 de agosto de 2021