Notícias

Missão Ecumênica em Apoio aos Guarani-Kaiowá

É do conhecimento de todas e todos nós, os ataques, crimes e violações de direitos que ocorreram neste último mês contra os Guarani e Kaiowá. O assassinato do jovem Alex Lopes em uma fazenda no entorno da Reserva de Taquapery (Coronel Sapucaia) que motivou a retomada de Jopara. E entre os dias 23 e 24 uma série de ataques as comunidades de Guapo’y (Amambai – MS) e Kurupy (Naviraí – MS). Fazendeiros da região e policiais militares invadiram estas comunidades indígenas, no intuito de expulsá-las, por meio do uso da força, mesmo não havendo ordens judiciais. Em Guapo’y, a tropa de choque da PM disparou tiros de borrachas e letais com armas de fogo, inclusive utilizando helicóptero para soltar bombas sobre a comunidade, deixando dezenas de crianças, adolescentes e jovens feridos. Com 3 tiros, inclusive pelas costas, Vitor Fernandes Kaiowá, de 42 anos foi assassinado. Devido à gravidade e a truculência do ataque, os indígenas se referem à situação como “Massacre de Guapo’y”, recordando ato semelhante ocorrido em 2016, na cidade de Caarapó, em que a polícia, em um ataque deixou dezenas de feridos e assassinou o jovem Clodiode Rodrigues, também do povo Kaiowá.
Diante desta situação alarmante, a CESE (Coordenadoria Ecumênica de Serviço) o CEBI-MS (Centro de Estudos Bíblicos) o CIMI-MS, apoiados pelo FEACT (Fórum Ecumênico ACT – Brasil) e pelo CONIC (Conselho Nacional de Igrejas Cristãs), convocam igrejas, organismos ecumênicos e organizações baseadas na Fé que atuam na defesa de direitos para um ato Ecumênico em Campo Grande, dia 20 de julho às 14 horas e 30 minutos na FETEMS, Campo Grande/MS.
situs judi bola AgenCuan merupakan slot luar negeri yang sudah memiliki beberapa member aktif yang selalu bermain slot online 24 jam, hanya daftar slot gacor bisa dapatkan semua jenis taruhan online uang asli. idn poker slot pro thailand

Seu carrinho está vazio.