Bem vindo(a) ao CEBI ! (51) 3568-2560

Manifestantes ocupam supermercados em todo país para denunciar a fome e a alta dos alimentos

Manifestantes ocupam supermercados em todo país para denunciar a fome e a alta dos alimentos
18 de dezembro de 2021 Comunicação

Em atos pacíficos, Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB) pediu contribuição para cestas básicas

Redação
Brasil de Fato | Rio de Janeiro (RJ)
Ouça o áudio:

Famílias e integrantes do Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB) ocuparam supermercados de todo o Brasil na última quinta-feira (16) para denunciar a alta dos preços dos alimentos e o aumento da fome no país. Os protestos também chamaram a atenção para a campanha “Natal sem fome”.

Leia mais: Dieese: custo médio da cesta básica de alimentos aumentou em 16 de 17 capitais pesquisadas

No Rio de Janeiro, o MLB ocupou em ato pacífico um mercado da rede Assaí, na Tijuca, zona norte da capital, para pedir doação de cestas básicas para diversas famílias. Ao final do protesto, o MLB informou que um representante do estabelecimento se comprometeu em contribuir com a rede solidária.

Segundo o MLB, 20% da população brasileira encontra-se atualmente sob algum tipo de insegurança alimentar. Isso significa que não possuem acesso a alimentos suficientes para nutrir as condições básicas de vida. O grupo pede ajuda pelo PIX 21 979827474.


Protestos lembraram da alta dos alimentos no governo Bolsonaro / Reprodução

“Sabemos que, diante da carestia dos alimentos que é crescente no governo Bolsonaro, a população pobre tem sido afetada ao ponto de não conseguir garantir sequer comida dentro de casa. Por isso, hoje estamos gritando: com luta, com garra, a cesta sai na marra!”, afirmou o movimento nas redes sociais.

Em Macaé, na região norte do estado do Rio, também houve protestos em supermercados. Em diversas capitais brasileiras, manifestantes questionaram com palavras de ordem o agronegócio e levantavam cartazes com a expressão “Bolsocaro”, em alusão ao aumento dos alimentos no governo de Jair Bolsonaro (PL).

Na semana passada, o Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB) ocupou a Secretaria Municipal de Habitação da Prefeitura do Rio para denunciar a falta de políticas públicas e de habitação para a população da cidade.

Os atos ocorrem em Aracaju, Belém, Belo Horizonte, Natal, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo.

Fonte: BdF Rio de Janeiro

Edição: Eduardo Miranda

Foto Legenda/crédito : Atos pacíficos em todo o Brasil pediram contribuição para cestas básicas da campanha nacional “Natal sem fome” – Reprodução