Bem vindo(a) ao CEBI ! (51) 3568-2560

Lideranças religiosas pedem fim de leis contra pessoas LGBTI+

Lideranças religiosas pedem fim de leis contra pessoas LGBTI+
13 de janeiro de 2021 Comunicação

Lideranças religiosas de todo o mundo se reuniram em um evento organizado pelo governo do Reino Unido para clamar pelo fim da criminalização das pessoas LGBT+ e banir globalmente as práticas de reversão sexual. Mais de 400 religiosos de 35 países, representando dez religiões, assinaram uma histórica declaração com este objetivo.

Entre os signatários está o arcebispo Desmond Tutu e oito outros arcebispos, a ex-presidente católica da Irlanda Mary McAleese, mais de 60 rabinos e líderes muçulmanos, hindus, sikhs e budistas, além de muitas outras lideranças cristãs.

A declaração pede pelo fim da criminalização das pessoas LGBTI+ e das “terapias de reversão sexual” – tentativas para mudar, suprimir ou apagar a orientação sexual, identidade de gênero ou expressão de gênero de uma pessoa.

Também reconhece que “alguns ensinamentos religiosos frequentemente, ao longo do tempo, causaram e continuam a causar profunda dor e ofensa” às pessoas LGBTI+, e tem “criado, e continua a criar, sistemas opressivos que abastecem a intolerância, perpetuam injustiça e resultam em violência”.

 

Fonte: Novos Diálogos

Imagem: Pixabay