Bem vindo(a) ao CEBI ! (51) 3568-2560

Fórum Ecumênico ACT Brasil propõem uma análise do contexto político

Fórum Ecumênico ACT Brasil propõem uma análise do contexto político
18 de maio de 2016 Centro de Estudos Bíblicos
A carta sobre a situação política do Brasil, assinada pela coordenação da ACT, reafirma o compromisso com a democracia e o exercício do estado de direito.

Numa análise da conjuntura social e política que levou ao afastamento da presidenta Dilma Roussef, a carta traz a questão das manifestações de 2013 que acentuaram a cobrança do povo e a falta de representação política. “O ódio e a polarização política que perpassaram as eleições democráticas de 2014 perduram até o momento”, afirma a carta.

O pronunciamento da ACT também relata a falta da representação de mulheres, negros e outras minorias no governo Temer, que está atualmente no comando do país. A agenda neoliberal disposta ao capital de Temer afasta as perspectivas dos movimentos sociais. Existe falta de pluralidade nesta “ponte para o futuro”. “Rostos, que possuem cor, sexo, religião e classe: são homens, brancos, burgueses e cristãos. Isso exige de nós a coragem de analisar profundamente os diversos papéis desempenhados por pessoas religiosas e organizações religiosas no espaço público. O movimento ecumênico latino americano, ao longo de sua história, assume a busca pela justiça motivada pela Fé e unidade como missão.”

Nesse contexto, o fórum ecumênico reafirma seus valores ao explorar o potencial de resistência da comunidade ecumênica. “Neste delicado contexto, é fundamental que assumamos o desafio e a coragem de testemunhar uma prática ecumênica voltada à resistência e a reafirmação da luta pela justiça. Para tanto, seguir na articulação de redes, fóruns, frentes e coalizões nacionais e internacionais, capazes de ampliar e fortalecer nossas agendas de luta e afirmação de direitos para a superação das adversidades. A luta por direitos é digna, afirmadora das diversidades e difere da luta por privilégios e poder. Nossos tempos são de muitos exílios, cooperação, resistências e fé!”.

Reconhecendo o discurso de ódio que paira nas discussões, a carta expõe que a “intolerância religiosa é racista e machista”. E propõem alternativas na construção da religiosidade, com maior diversidade e inclusão. O momento é de união de forças, somar, para que possamos cada vez mais, construir uma sociedade plural e democrática. “Nossos sonhos serão nosso chão. E nossas mangas estarão arregaçadas pela profecia.”

O CEBI faz parte e ajuda a articular o Fórum Ecumênico ACT-Brasil e reitera o chamado para “a relevância da solidariedade, das articulações e manifestações internacionais em defesa da democracia no Brasil. Agradecemos por assumirem conosco esta responsabilidade em acompanhar este momento crítico pelo qual vive o Brasil. Também destacamos a importância do reforço da presença ao lado dos movimentos ecumênicos e sociais.”

Compartilhamos a carta assinada pela coordenação do Fórum Ecumênico ACT-Brasil. A carta está traduzida para o inglês e para o alemão.

Partilhado por FEACT Brasil.