Bem vindo(a) ao CEBI ! (51) 3568-2560

Faculdades EST e CONIC são destaque na promoção dos direitos humanos

Faculdades EST e CONIC são destaque na promoção dos direitos humanos
11 de dezembro de 2013 Centro de Estudos Bíblicos
Faculdades EST e CONIC são destaque na promoção dos direitos humanos
A secretária executiva do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (CONIC), pastora Romi Bencke, receberá, amanhã à tarde, o Prêmio Direitos Humanos 2013 na categoria Promoção e Respeito à Diversidade Religiosa, em cerimônia durante o Fórum Mundial de Direitos Humanos, na capital federal, em cerimônia presidida pela presidente da República, Dilma Rousseff.

O prêmio, a mais importante outorga do governo brasileiro no campo dos direitos humanos, é um reconhecimento pelo trabalho desenvolvido pelo CONIC, na dimensão profética de relacionar religião e direitos humanos. Romi receberá um certificado assinado pela presidente Dilma e uma obra de arte.

Em Porto Alegre, o reitor da Faculdades EST, pastor Oneide Bobsin, recebeu ontem à noite o Prêmio Estadual de Direitos Humanos, concedido à instituição de ensino superior, baseada em São Leopoldo. A honraria foi alcançada ao reitor pelas mãos do secretário de Estado da Justiça e dos Direitos Humanos, Fabiano Pereira, um destaque ao trabalho que a EST desenvolve nas questões de gênero, povos indígenas, negritude e direitos humanos.

“Ser reconhecida pela promoção e defesa dos Direitos Humanos significa respeitar todos os seres criados, já que a dignidade humana é decorrência de que Deus soprou em nós o fôlego da vida”, disse Bobsin ao recordar as mazelas que ainda afligem uma “sociedade injusta e desigual como a nossa, em que a dignidade é ferida e atinge vários grupos e categorias sociais”.

O reitor frisou, ao receber o prêmio, que o tema dos direitos da pessoa é transversal nos cursos e programas de pesquisa desenvolvidos na EST. Ele mencionou, ainda, os projetos trabalhados no Espaço Diversidade  na instituição, que tematizam a superação da violência contra as populações negras, indígenas, mulheres e crianças.

Promovido pela Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos do Rio Grande do Sul, a edição 2013 do Prêmio Estadual de Direitos Humanos recebeu 109 indicações de pessoas, entidades e projetos. Deste total, 13 indicados foram condecorados.