Bem vindo(a) ao CEBI ! (51) 3568-2560

A exaltação à tortura é a maneira mais cruel de negar o Cristo

A exaltação à tortura é a maneira mais cruel de negar o Cristo
27 de março de 2019 CEBI Secretaria de Publicações

Texto de Marcos Aurélio*

A tortura tem o poder maléfico de destruir vidas, sonhos, dignidade e esperança. A prática da tortura é uma maldade reservada para os desumanos amantes da barbárie, para os que destilam ódio. A tortura pertence aos que não amam a vida, pertence aos que, através da história, se tornaram inimigos do Cristo. 

Seja física ou psicológica, a tortura no Brasil deixou suas marcas nos corpos e nas mentes de muita gente que lutou, e continua lutando, por justiça e pela reconstrução da frágil democracia brasileira. A história nos conta que muitos militantes corajosos não resistiram aos horrores desse período sombrio e morreram. Outros estão vivos para contar suas histórias.

Vejamos um pequeno trecho do depoimento de Amelinha Teles, vítima de Tortura pelo Coronel Ustra do Doi-Codi no período da ditadura militar inaugurada em 1964:

“Eu fui espancada por ele [Coronel Ustra] ainda no pátio do Doi-Codi. Ele me deu um safanão com as costas da mão, me jogando no chão, e gritando ‘sua terrorista’. E gritou de uma forma a chamar todos os demais agentes, também torturadores, a me agarrarem e me arrastarem para uma sala de tortura. “Ele levar meus filhos para uma sala, onde eu me encontrava na cadeira do dragão [instrumento de tortura utilizado na ditadura militar parecido com uma cadeira em que a pessoa era colocada sentada e tinha os pulsos amarrados e sofria choques em diversas com fios elétricos atados em diversas partes do corpo] , nua, vomitada, urinada, e ele leva meus filhos para dentro da sala? O que é isto? Para mim, foi a pior tortura que eu passei. Meus filhos tinham 5 e 4 anos. Foi a pior tortura que eu passei.”

Seja qual for o discurso que exalta torturadores, ela classifica o indivíduo como inimigo declarado de Jesus Cristo. Isto porque Jesus foi vítima de uns dos piores métodos de tortura de sua época: a flagelação romana. Nesta forma de tortura, se chicoteavam os inimigos com brutal violência. Outra forma de tortura enfrentada por Jesus foi a crucificação, procedimento que cravava os pés e mãos na madeira, o que caracterizava uma forma de morte lenta e dolorosa.

Elogiar torturadores é torturar o Cristo novamente” É uma declaração desastrosa e desumana que caracteriza esses indivíduos como inimigos assassinos de Jesus, cooperadores de sua prisão, tortura e morte!

Os que hoje declaram abertamente o apoio ao candidato fascista, que tem como ídolo o coronel torturador Brilhante Ustra, negam o Cristo. Decidiram ficar do lado errado da história. Seguem pelo caminho mais sombrio de nossos dias, caminham de mãos dadas com o opressor.

Ao invés do amor, o ódio; ao invés da paz, a violência; ao invés da justiça, a opressão; ao invés da humanização, a barbárie entre o povo. O discurso fascista do candidato opressor encontrou terreno fértil em vários seguimentos religiosos do campo fundamentalista e neoconservador, campo que apoia a disseminação do ódio, da intolerância e do retorno da tortura. Como abutres famintos que rodeiam corpos, não estão preocupados com a matança dos índios, negros, camponeses, crianças, mulheres e LGBTQs. Querem mesmo é colaborar com o extermínio dos pobres, querem mesmo é a manutenção do poder e da glória para si.

Diante da conjuntura política e religiosa que vivemos hoje, o fascismo que estava escondido nos porões fétidos de nossa sociedade por décadas, agora revela-se de maneira brutal, marcada por horrores, violência e medo. O discurso de ódio do neofascismo, o apoio das elites brasileiras e de grande parte das lideranças religiosas demonstram a face obscura daqueles que sempre odiaram os pobres.

Contudo, segue a fé, a esperança e o amor! Segue a profecia, pois a utopia vive. Assim nos mostrou Jesus, que venceu a tortura e a morte. Em tempos de obscuridade, é preciso unir forças no poder e na direção do Espírito, na resistência e na luta pela vida, pela democracia, pela paz e pela justiça. Em tudo digo, vale a pena esperançar.

Texto de Marcos Aurélio dos Santos. Esse texto foi publicado originalmente no dia 23 de outubro de 2018.

Ilustração de capa por AMARILDO.

Liga228 situs judi bola merupakan situs judi bola online dengan pasaran terlengkap.

Kunjungi situs judi bola terlengkap dan terupdate seluruh asia.

Situs sbobet resmi terpercaya. Daftar situs slot online gacor resmi terbaik. Agen situs judi bola resmi terpercaya. Situs idn poker online resmi. Agen situs idn poker online resmi terpercaya. Situs idn poker terpercaya.

situs idn poker terbesar di Indonesia.

List website idn poker terbaik.

Game situs slot online resmi

slot hoki terpercaya

slot terbaru

rtp slot gacor

agen sbobet terpercaya

slot online judi bola terpercaya slot online terpercaya judi bola prediksi parlay hari ini