Bem vindo(a) ao CEBI ! (51) 3568-2560

Esperanças, perspectivas, rumos e organização popular em debate no 3º painel do Ciclo de Debates do Cone Sul. Inscreva-se

Esperanças, perspectivas, rumos e organização popular em debate no 3º painel do Ciclo de Debates do Cone Sul. Inscreva-se
18 de abril de 2021 Comunicação

Esperanças, perspectivas, rumos e organização popular é o tema do terceiro e último painel do ciclo de debates  “Dívida, Privatização e Livre Comércio: o que aprendemos com nossas lutas? Quais perspectivas temos?”, painel neste 26 de abril (segunda-feira), às 17h, com transmissão ao vivo na página do Jubileu Sul Brasil. Inscreva-se no http://bit.ly/ConeSulPainel3 para assistir na plataforma Zoom com tradução simultânea e para emissão de certificado aos que participaram em ao menos de dois dos três painéis realizados ao longo do mês.

O encontro virtual visa ao esperançar, o sentido das organizações populares e às reflexões para construção de uma agenda comum que fortaleça os movimentos como uma sub-região do Cone Sul. Em pauta, as lutas e mobilizações em torno da nova Constituição no Chile, do movimento campesino, e por terra, teto e trabalho.

“Queremos pensar em uma agenda comum que fortaleça os movimentos e organizações populares em nosso território Cone Sul. E é por isso que a pergunta que temos é ‘o que aprendemos com nossas lutas?’, para que, a partir disso, busquemos agregar, somar e fortalecer nossas lutas, e questionar dívidas odiosas feitas em nosso nome”, explica Vladimir Francisco, articulador para o Cone Sul no Jubileu Sul/Américas.

Entre os e as painelistas convidadas/os estão as chilenas Ingrid Conejeros Montecino, professora e candidata do Povo Mapuche para a nova Constituição chilena, e a militante Vania Ochoa, da Marcha Mundial de Mulheres Fio Fio; o paraguaio César Paredes, do Movimento Campesino do Paraguai e Dom José Valdeci Santos Mendes (Brasil), da Comissão Episcopal Pastoral para Ação Sociotransformadora.

O ciclo de debates foi aberto em 6 de abril com o tema Um olhar para o Cone Sul: lutas e desafios atuais. Livre Comércio e privatizações, que analisou de que forma se desenvolvem os processos econômicos, históricos, ambientais, sociais e de luta nos países da sub-região (saiba mais sobre o painel 1)

Dívidas e sua centralidade: um olhar sobre as dívidas socioambientais e financeiras no Cone Sul foi o tema do segundo painel, em 12 de abril, abordando a questão da a dívida e modelo de desenvolvimento, mulheres e endividamento, as demandas sociais causadas pelo agronegócio e a mineração, o genocídio dos povos originários e a devastação das florestas (leia mais sobre o painel 2).

De iniciativa da Rede Jubileu Sul/Américas, a série de eventos tem o objetivo de promover um espaço de conhecimento e reflexões sobre as realidades dos países do Cone Sul (Argentina, Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai) e sobre as experiências da região. Mapear as organizações e movimentos sociais a partir das lutas do Cone Sul é outro objetivo do ciclo, com ênfase nos embates históricos e nos atuais para construção de uma agenda articulada. Está prevista ainda a produção de uma publicação com conteúdos dos três painéis.

SERVIÇO
Ciclo de debate Dívida, Privatização e Livre Comércio: o que aprendemos com nossas lutas? Quais perspectivas temos?
Painel 3 – Esperanças, perspectivas, rumos e organização popularData: 26 de abril (segunda-feira)
Horário: 17h
Inscrições para o 3º painel: http://bit.ly/ConeSulPainel3
Confira a transmissão ao vivo pela página do Jubileu Sul Brasil.

 

 

Fonte : Rede Jubileu Sul Brasil