Bem vindo(a) ao CEBI ! (51) 3568-2560

Em Brasília, Dilma recebe resultado do plebiscito por uma Constituinte do Sistema Político

Em Brasília
Em Brasília, Dilma recebe resultado do plebiscito por uma Constituinte do Sistema Político
13 de outubro de 2014 Centro de Estudos Bíblicos
Nesta segunda-feira (13), representantes de inúmeras entidades e movimentos sociais se reúnem com a presidenta Dilma Rousseff, às 17h30, no Palácio da Alvorada, em Brasília (DF). O encontro formalizará a entrega, ao Poder Executivo, do resultado do Plebiscito Popular por uma Constituinte Exclusiva e Soberana sobre o Sistema Político. Na ocasião, são esperados centenas de militantes na porta da residência oficial, para um ato político.  
 
A campanha do Plebiscito Constituinte, que começou há mais de um ano, culminou com a coleta de votos ao longo da semana da pátria (1 a 7 de setembro). Foram contabilizados, ao todo, 7,7 milhões de votos, quase a população de Portugal. Desse total, 97% dos votantes (7,5 milhões) disseram sim à convocação de uma assembleia constituinte para promover a reforma política no país. A mobilização envolveu cerca de 100 mil pessoas e mais de dois mil comitês populares espalhados pelo país.
 
O encontro com Dilma é parte da programação da V Plenária Nacional da campanha, cujo objetivo é discutir os próximos passos da mobilização pela mudança no sistema político, garantindo a continuidade dos comitês e as ações políticas nos estados. Na terça-feira (14), será a vez de audiências oficiais de entrega do resultado na Câmara dos Deputados, no Senado Federal e no Supremo Tribunal Federal (STF).
 
As atividades da V Plenária da campanha do Plebiscito Constituinte ocorrem em meio ao resultado das eleições que definiram nova composição para o Parlamento brasileiro (Câmara e Senado), no último dia 5. Mais uma vez, prevaleceu a influência do poder econômico, com metade das cadeiras na Câmara sendo ocupada por setores empresariais e um forte avanço de segmentos conservadores sobre a maioria das vagas. Segundo informações do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), trata-se da composição mais conservadora do Congresso Nacional desde 1964.