Bem vindo(a) ao CEBI ! (51) 3568-2560

30 dias por Rafael Braga: para ninguém esquecer que não foi por Pinho Sol, foi racismo

30 dias por Rafael Braga: para ninguém esquecer que não foi por Pinho Sol, foi racismo
8 de junho de 2017 Centro de Estudos Bíblicos
Organizadores da campanha em evento. Foto: Reprodução da página do Facebook

Desde junho de 2013, época em que eclodiram manifestações por todo o Brasil, Rafael Braga Vieira passou a ser inimigo declarado do Estado. Negro, pobre e da periferia, apesar da nítida ausência de qualquer conduta criminosa e mesmo sem participar do protesto ou ser militante de alguma bandeira, foi preso por portar Pinho Sol e água sanitária, sob a acusação de que usaria os produtos para a produção de coquetel molotov. Após cumprir pena, ele foi novamente condenado, em 20 de abril, a cumprir 11 anos e três meses de reclusão, acrescidos de pagamento de uma multa de aproximadamente R$ 1.600,00.

Essa condenação é o ponto principal e emblema da campanha #30DiasPorRafaelBraga, que discutirá racismo institucional, encarceramento em massa, seletividade penal, infâncias e adolescências no cárcere entre outras inúmeras pautas durante todo o mês de junho, com uma série de manifestações que vão além das redes sociais e da internet.

De acordo com a organização da campanha, a iniciativa é promover uma série de atividades para que casos como o de Rafael não sejam esquecidos. Além disso, a campanha visa conscientizar sobre análise de questões e consequências sociais, psicológicas e econômicas decorrentes do encarceramento de jovens negros.

O slogan “Todo preso é um preso político” encabeça o movimento. No vídeo de abertura da campanha, Bira, militante do Círculo Palmarino e integrante da Iniciativa Negra por uma Nova Política de Drogas (INNPD), foi enfático ao afirmar:

Rafael Braga, preso político, representa hoje o Estado racista que extermina a juventude e criminaliza a pobreza. Não dá para falar de política de drogas sem falar de racismo.

Alguns dos eventos contam com a participação de pessoas atuantes em diversas áreas profissionais e organizações. Nomes como Silvio de Almeida, mestre em Direito Político e Econômico; Humberto Fabretti, professor de Direito Penal e Criminologia, Adriana Palheta, mestre em Políticas Públicas; Raul Araújo, psicanalista e organizações como o Coletivo 217 e o Black Lives Matter.

Fonte: Por Hysabella Conrado do Portal Justificando, 07/06/2017.

Liga228 situs judi bola merupakan situs judi bola online dengan pasaran terlengkap.

Kunjungi situs judi bola terlengkap dan terupdate seluruh asia.

Situs sbobet resmi terpercaya. Daftar situs slot online gacor resmi terbaik. Agen situs judi bola resmi terpercaya. Situs idn poker online resmi. Agen situs idn poker online resmi terpercaya. Situs idn poker terpercaya.

situs idn poker terbesar di Indonesia.

List website idn poker terbaik.

Game situs slot online resmi