Bem vindo(a) ao CEBI ! (51) 3568-2560

“Não nos conformemos ao esquema deste mundo!” Rm 12,1-2 – Lema da próxima assembleia do CEBI

“Não nos conformemos ao esquema deste mundo!” Rm 12,1-2 – Lema da próxima assembleia do CEBI
20 de agosto de 2017 CEBI Secretaria de Publicações

O conselho Nacional do CEBI, composto por seis pessoas representantes dos regionais e três da direção, esteve reunido entre os dias 18 a 20 de agosto, em Samambaia Sul, Brasília, DF,  com a carinhosa acolhida de Simone Furquim Guimarães (CEBI-DF), que todos os anos abre sua casa e seu coração para receber o Conselho Nacional.

Dentre os assuntos da pauta estava a partilha da caminhada dos regionais, um momento de conversa sobre a conjuntura nacional e informes gerais.

Este ano o CEBI realizará sua 21ª Assembleia Geral Ordinária, nos dias 02 a 04 de novembro, em Brasília, DF. O lema será “Não nos conformemos ao esquema deste mundo, mas…” (Rm 12,1-2). A preparação desta assembleia foi o principal ponto de pauta desta reunião. O “mas….” ao final do lema é proposital, pois tem a função de ser provocativo.

O texto bíblico selecionado é fruto de longa reflexão de Paulo (apresentada nos capítulos anteriores), na qual questiona esquemas (o greco-romano; o judaico; o do cristianismo judaizante; a chamada barbárie; a escravidão…). Os esquemas – formas, para Paulo, equivalem a ídolos. A graça de Deus que se manifesta em Jesus nos transforma. Quando Paulo afirma “não vos conformeis com este mundo”, convoca-nos a não aceitarmos estas formas. Qual a maneira, qual a forma em que devemos viver? Precisamos nos conformar a Cristo, que, pela graça nos justifica.

Ainda sobre o texto de Paulo, há três questões a partir de sua leitura de Romanos quer precisam ser refletidas: a) a questão inter-religiosa (havia crise nas comunidades romanas entre cristãos/as vindos/as do judaísmo e grupo vindo da gentilidade, inclusive em função do processo migratório); b) a carta é dirigida a comunidades empobrecidas da periferia de Roma (é possível que pelo menos algumas comunidades vivessem em espécies de cortiço nos bairros periféricos da cidade) – para Paulo, o pecado (em grego hamartia), usado no singular, é a estrutura do Império que gera pobreza e exclusão; c) a relação entre cristãos e judeus (o judaísmo se tornara uma estrutura que oprime). Não devemos ler a carta a partir da teologia ou da moral, mas a partir do contexto em que foi escrito: o império romano. Paulo conta com a ajuda dos/as pequeninos/as para levar adiante seu projeto: fazer com que o Evangelho aos confins a terra.

Os 500 anos da Reforma Protestante, celebrados em 2017, são um constante chamado a “não nos conformarmos aos esquemas deste mundo”. Os estados são estimulados, em suas assembleias locais, a estudarem o tema em conjunto com a celebração da Reforma, inclusive como forma de superação dos fundamentalismos. Nesses meses, os estados estão indicando seus representantes à Assembleia Nacional, bem como iniciando a indicação de candidatos/as para a eleição da gestão 2018-2020.

Esta é a última reunião deste Conselho da gestão 2015-2017 que estava assim constituído:

  • Martha Bispo – Diretora Nacional
  • Western Clay Peixoto – Diretor Adjunto
  • Luís Sartorel – Diretor Adjunto
  • Adriana Amorim Fernandes – Representante Regional Nordeste
  • Amarildo Rodrigues Monteiro – Representante Regional Centro-Oeste
  • Lúcia Dal Pont Sirtoli – Representante Regional Sul
  • Maria da Conceição Evangelista de Souza – Representante Regional Norte
  • Maria de Fátima Castelan – Representante Regional Sudeste
  • Nilva Cardoso Baraúna – Representante Regional Amazônico