Bem vindo(a) ao CEBI ! (51) 3568-2560

CEBI-PE: Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa

CEBI-PE: Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa
23 de janeiro de 2018 Centro de Estudos Bíblicos

Na manhã do dia 21 de janeiro de 2018 foi celebrado em Olinda o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa.

Memória: O dia 21

A data rememora o dia do falecimento da Iyalorixá Mãe Gilda, do Terreiro Axé Abassá de Ogum (BA), vítima de intolerância por ser praticante de religião de matriz africana. A sacerdotisa foi acusada de charlatanismo, sua casa atacada e as pessoas da comunidade foram agredidas. Mãe Gilda veio a falecer no dia 21 de janeiro de 2000, vítima de infarto.

Celebração e resistência

O Terminal Integrado Xambá foi o local escolhido para realizarmos a celebração, por ser palco de disputas e atos de intolerância religiosa. Desde que o terminal recebeu o nome desta nação, representado no local pelo Terreiro Santa Bárbara – Ilê Axé Oyá Meguê – Terreiro Xambá, ele é dirigido por Adeildo Paraíso da Silva, o Pai Ivo, presente na celebração desta manhã.

O evento foi articulado pelo Fórum da Diversidade Religiosa em Pernambuco e pelo Conselho Nacional de Igrejas Cristãs – CONIC, tendo a participação do Centro de Estudo Bíblicos em Pernambuco, da Aliança de Batista do Brasil, da Igreja Episcopal Anglicana no Brasil, da Igreja Católica Ortodoxa Siriana, da Igreja Católica Apostólica Romana e da Igreja Batista, bem como dos diversos representantes do Candomblé, do Xangô, da Jurema Sagrada, do Espiritismo, da Legião da Boa Vontade e das religiões Wicca, Taoismo e Bahai.

Também tiveram participação cultural a Orquestra de Câmara do Alto da Mina (projeto da Igreja Batista de Bultrins) e a Orquestra Tambores de Xambá (projeto do Terreiro Xambá), ambos compostos por crianças, adolescentes e jovens destas duas comunidades.

Ao todo estiveram presentes mais de 100 pessoas, contando com a participação de mais de 30 jovens e crianças. Também participaram os usuários do terminal de ônibus que paravam por alguns minutos para ouvir e participar da celebração.

A celebração foi conduzida por Helivete Ribeiro (Pastora Batista), Frei Tito (Padre Católico Romano) e por Carlos Beethoven (Diácono da Igreja Ortodoxa Siriana) que reafirmaram o respeito à diversidade religiosa e ao Estado laico.

Vera Scheidegger falou pelo CEBI, ressaltando nosso compromisso com o respeito à diversidade e a nossa luta contra as intolerâncias religiosas, os preconceitos, a desigualdade social e o desmonte dos direitos pelo qual passa o Brasil no atual momento político. A luta é diária, não podemos perder a esperança, a garra, a força, o amor e o relacionamento com todos em nossa sociedade, com todas as religiões.

Xangô, dai forças

Vera Baroni, representante do Candomblé, pediu a Xangô para nos dar força para que possamos fazer a boa luta pelo respeito, pela dignidade, pela liberdade de manifestação de cada crença e, também, daqueles que não creem.

Vou pedir a Oxalá que nos dê serenidade para que nossa luta possa continuar, pois essa luta vem de muito longe, ela vem desde o sequestro na África. Nós estamos dando continuidade, pois nossa luta por liberdade e por dignidade vem de longe. Vou pedir a nossa mãe Iansã, que é uma guerreira, nossa mãe do movimento, dos ventos, que ela nos dê força e nos ensine novas formas de lutar, de lutar pela nossa consciência, de conhecer nossas tradições, de respeitar nossas ancestralidades, e, mais do que isso, de não ter medo de exigir o respeito. Então acredito que todas as pessoas que estão aqui, que tem uma crença, e mesmo, as que não têm, mas que vieram aqui porque acreditam que é possível fortalecer a paz em nossa cidade, em nossos país e no mundo. Nossa luta é pelo fim do terrorismo religioso, pelo fim do racismo para que possamos um dia viver felizes, cumprindo o que nossa constituição preceitua que é uma sociedade de iguais.

Pai Edson, representante da umbanda, entende que o racismo é estrutural, ele é histórico.

São várias frentes que a gente tem que lutar, a gente não busca privilégios, a gente busca direitos iguais, direitos que a cada dia tentam tirar da gente, mas nos não vamos desistir dessa luta. Essa é uma luta histórica, uma luta de nossa ancestralidade, a gente não acredita que o racismo vai vencer, e se houver essa ideia, essa lógica de que o racismo vai vencer, não vai ser fácil, pois a gente não vai desistir dessa luta.

O evento contou com o apoio da empresa Grande Recife Consórcio de Transportes Metropolitano, responsável pelo gerenciamento do transporte por ônibus na Região Metropolitana, sendo esta, a primeira ação da empresa no combate a intolerância religiosa.

Em caso de racismo ou intolerância religiosa, denuncie!

Envie e-mail para a Ouvidoria Nacional da Igualdade Racial, ouvidoria@seppir.gov.br ou pelo telefone (61) 2025-7000. É possível encaminhar denúncias ao Disque 100, o Disque Direitos Humanos da Secretaria Especial de Direitos Humanos. Na internet a denúncia pode ser realizada no site do Ministério Público Federal ou pelo Safernet.

Fonte: Enviado por José Josélio da Silva, Vera Scheidegger e Pr. Helivete Ribeiro, Coordenação do CEBI Pernambuco.

Liga228 situs judi bola merupakan situs judi bola online dengan pasaran terlengkap.

Kunjungi situs judi bola terlengkap dan terupdate seluruh asia.

Situs sbobet resmi terpercaya. Daftar situs slot online gacor resmi terbaik. Agen situs judi bola resmi terpercaya. Situs idn poker online resmi. Agen situs idn poker online resmi terpercaya. Situs idn poker terpercaya.

situs idn poker terbesar di Indonesia.

List website idn poker terbaik.

Game situs slot online resmi

slot hoki terpercaya

slot terbaru

rtp slot gacor

agen sbobet terpercaya

slot online judi bola terpercaya slot online terpercaya