Bem vindo(a) ao CEBI ! (51) 3568-2560

CEBI-RS: Eleição da nova coordenação e os debates sobre a Casa Comum

CEBI-RS: Eleição da nova coordenação e os debates sobre a Casa Comum
22 de fevereiro de 2017 Centro de Estudos Bíblicos

Nos dias 18 e 19 de fevereiro os representantes dos núcleos e escolas do CEBI-RS estiveram reunidos para estudo, confraternização, troca de experiências e dar sequência à caminhada. Para tanto, foi eleita uma nova coordenação.

Ecologia: descobrindo os biomas do Sul

No sábado, a assessora Dra. Luiza Chomenko, da Fundação Zoobotânica – Secretaria Estadual do Meio Ambiente, falou sobre a questão dos biomas no Rio Grande do Sul, em especial o pampa: seu potencial econômico, suas belezas naturais e as ameaças que estes ambientes sofrem. A região de campo aberto, por exemplo, que deu origem à visão idílica do gaúcho como um indivíduo que enxerga longe, é só uma parte do bioma, que é incrivelmente diversificado.

Essa área, onde se enxergava longe, hoje é tomada por florestamento de eucaliptos e pinus. Não se trata de reflorestamento, pois essa prática implicaria replantar a mata nativa, que nunca foi de árvores e florestas. Pode-se dizer que a o agronegócio encurtou a visão do povo gaúcho, tanto em sentido literal quanto figurado.

Agronegócio x sustentabilidade

Outros problemas trazidos pelo agronegócio de ontem e de hoje: arroz (mais de 100 anos de plantação) nos banhados e soja campo afora. Tudo isso é resultado da ganância, muitas vezes apoiada pelos governantes e legisladores, que desencadeia na exploração e extração de tudo o que a terra oferece, sem respeitar o tempo e as características do nosso pampa.
As políticas beneficiam exclusivamente o poder econômico, em detrimento do povo que ali vive.  O projeto de urbanização também traz problemas, especialmente no banhado, região onde fica “acomodada” especialmente a parcela mais pobre da população. Faltam políticas de incentivo e apoio, principalmente junto ao setor rural.

Casa Comum: Comunidades e a partilha da vida

Faz-se necessária uma política que pense na sustentabilidade dos nossos ecossistemas, levando-se em conta o ser humano e o ambiente que o circunda. No pampa, por exemplo, é hora de retomar a pecuária extensiva de gado (em vez da intensiva) e minimizar os estragos causados pelo agronegócio.

Isso exigirá um trabalho coletivo de denúncia e enfrentamento das autoridades, assim como demonstraram os textos bíblicos lidos à tarde, sob assessoria de Edison Costa e Ildo Bohn Gass.

No domingo foi feita a prestação de contas – financeira e de atividades. Na sequência, após a fala da coordenadora do Regional CEBI Sul, Rev. Lúcia, foram encaminhadas as indicações para a nova coordenação (2017-2020), que assim ficou constituída:

  • Deise Abé – Ibarama (coordenadora)
  • Raquel Sanquinet – Rivera – Uruguay
  • Luiz A. Faccin – Ijuí
  • Adelaide Klein – Gravataí
  • Frei João Osmar – Porto Alegre
  • Suplentes:
  • Nair – Ijuí
  • José Luiz Possato Jr. – São Leopoldo

Fonte: cebirs.wordpress.com, 21/02/2017.