Bem-vindo ao CEBI! (51) 3568-2560 | [email protected]

CEBI-CE fortalece a Leitura Popular da Bíblia em Fortaleza

CEBI-CE fortalece a Leitura Popular da Bíblia em Fortaleza
6 de maio de 2019 CEBI Secretaria de Publicações

O CEBI do Ceará vem realizando encontros de estudos bíblicos todas as quartas-feiras, reunindo homens e mulheres vindos de vários lugares de Fortaleza. A partilha de saberes acontece na sede, Casa do CEBI Ceará. O estudo vem seguindo o roteiro do livro escolhido pelo grupo. O grupo atual foi criado no início de fevereiro de 2017,  com o objetivo de dar acesso às pessoas o conhecimento do CEBI e de suas várias atividades.

“As pessoas chegam para o Círculo e de lá vão para as escolas bíblicas ou outras formações proporcionadas pela Casa.” (Leidiane Sousa)

Durante esse dois anos de trabalho, o grupo já fez analise e reflexão de alguns livros, tais como:

Estão a frente do grupo: Fátima Alves, Helena Macedo e Tatsuko Kishita (Assessoras do CEBI – CE).

Veja o depoimento de Jacqueline Lopes, participante do Círculo Bíblico Casa – CE:

Você sabe o que é um Círculo Bíblico?

O círculo bíblico é uma experiência catequética permanente e contínua. As primeiras experiências com o círculo bíblico remontam à antiguidade. Segundo Carlos Mesters, o que se tem notícia, é que o círculo bíblico foi vivenciado por Jesus durante os trinta anos, quando trilhou os caminhos de evangelização. Quando se encontrava com a comunidade, rezava, cantava, lia e meditava um trecho bíblico, e os participantes dialogavam sobre os problemas que lhes afligiam e, a partir de uma troca de experiências e saberes, eles vislumbravam possíveis soluções para os seus problemas.

Na contemporaneidade, os círculos bíblicos utilizam a metodologia de Paulo Freire a luz das sagradas escrituras. A metodologia freireana apenas promove as condições necessárias para que o círculo bíblico aconteça, ou seja, através da troca dialógica do saber. Mas o que transforma os corações é o amor. Compreender o que Deus falava para as comunidades na época bíblica, e o que Ele nos fala hoje, é um exercício que é possibilitado pelo diálogo experimentado no círculo bíblico. O caminho do ver, julgar e agir proposto num círculo bíblico é pedagogicamente possível, quando as pessoas falam de suas histórias de vida, as julgam a luz da Palavra, e agem no chão da vida concretamente, dispostas a lutarem por justiça social.

O CEBI e Leitura Popular da Bíblia no Brasil

No CEBI, desde a sua origem, a metodologia utilizada é a Leitura Popular da Bíblia, que nasceu a partir da Educação Popular. O encontro é o passo primordial para que o círculo bíblico possa acontecer. Mas não simplesmente encontrar-se por encontrar, mas encontrar o Deus vivo na Palavra. Para que os círculos bíblicos aconteçam de modo que os corações dos/as participantes possam arder pela ação do Espírito Santo, é mister que o fogo transformador possa despertar o gênero humano, cada um no seu ritmo e no seu passo em direção a Jesus.

Destarte, é possível transformar a realidade. Mas essa transformação não se dá solitária ou individualmente, mas no contato com a alteridade. Esta transformação perpassa pela dimensão relacional e dialógica. O diálogo para Paulo Freire, era existencialmente necessário para o ser humano. Ele difundiu a importância do diálogo, mas enfatizou o amor no seu método pedagógico.

Pode-se constatar a presença deste amor no caminho de Emaús (Lc 24, 13-35). Mesters afirma que esta é uma das passagens do evangelho, que a pedagogia de Jesus se concretiza através do encontro. Ele acrescenta ainda, que este, é um dos trechos das escrituras, que apresenta e representa o círculo bíblico. Quando os discípulos estavam tristes, e ao se encontrarem com Jesus no caminho, Jesus os escuta, eles dialogam, eles abrem os corações deles, e falam dos acontecimentos que estão lhes tirando a paz. Jesus os anima através da Palavra. Quando eles sentem o coração deles arderem, eles despertam e descobrem a presença de Jesus vivo no meio deles. Então, assim como os discípulos de Emaús, as pessoas que participam dos círculos bíblicos, estão mais susceptíveis para despertarem e descobrirem o Deus vivo no meio delas durante o caminho que percorrerem juntas, e quando isso acontece, elas transformam a si mesmas e a realidade que vivem.

Partilha do CEBI-CE.