Bem-vindo ao CEBI! (51) 3568-2560 | [email protected]

CEBI-BA comemora 40 anos

CEBI-BA comemora 40 anos
26 de setembro de 2019 Comunicação

por Carol Teixeira*

O CEBI Bahia faz 40 anos!

São 40 anos feito uma criança cheia de energia, aguardando ser acolhida para brincar, mas também convidando para a brincadeira, para a ciranda. Ciranda de palavras contadas em Cartas, em parábolas numa colcha cheia de retalhos de diferentes cores e origens, de diferentes histórias e roupas.

Nessa trajetória, o CEBI da Bahia fez a experiência do povo com Deus nas terras marcadas pela de injustiças, pelas desigualdades, pelas secas, por perseguições e prisões, por muitas diferenças, mas também terras de esperança, que gritam a força da Libertação, que buscam a justiça, que não aceitam de forma nenhuma o racismo, o machismo, o patriarcado, o sistema que oprime, que persegue e que mata, sobretudo corpos negros, jovens e femininos.

A Criança CEBI Bahia, alimentou, neste tempo de vida, suas terras, com a escuta, com a comunhão, com o reencontro, com o companheirismo. Escutou, abriu os olhos, uniu fé e vida, incentivou compromissos e o respeito à diversidade e a todas as formas de vida, o bem viver. As terras da Criança CEBI necessitaram o tempo todo de corpos cheinhos de esperança, aquela esperança de criança crescida que tem fé na vida, tem fé nos caminhos que ainda precisam ser trilhados. Criança que enxerga a Nova Canudos, a terra da partilha onde a Vida é celebrada, comungada, partilhada.

Chegaram os 40 anos, o tempo da maturidade da alegre e cheia de energia, Criança CEBI Bahia. Tempo de reafirmar o compromisso em levar a Palavra Acontecida neste chão, nestas terras de muitos matizes, de texturas e histórias, de experiências do povo com a Vida e com Deus. Este compromisso que nos ajuda a fazermos resistência, como foram os 40 anos dos judeus no deserto e os 40 dias de Jesus também no deserto e nos animar para o enfrentamento das opressões de governos e sistemas tiranos.

Nesta comemoração dos 40 anos, a Criança CEBI Bahia quer voltar a fazer a escuta escrita, quer escrever Cartas em meio a esta época de mensagens instantâneas e compartilhamentos. Quer lembrar que as palavras, a espera, a leitura, a escuta, a vivência das comunidades têm muito a dizer e a animar para a fé. Quer nos fazer voltar a linguagem carinhosa e pessoal, a linguagem que tem o chão da realidade, traz e tem a vida das comunidades, que tem o tempo e a paciência da leitura, a expectativa da chegada da resposta, sem saber a data na qual a que foi enviada chegou a seu destino e foi lida.

Escrever, ler, escutar, responder, ver as coisas com os olhos de Deus, contemplar, enxergar a Vida, enxergar os problemas e enfrentá-los, animar para a fé e para a caminhada, renovar compromisso. Eis os chamados destes 40 anos desta Criança madura chamada CEBI Bahia.

CEBI – Bahia, 22 de setembro de 2019.