Liturgias

Liturgia nas Casas : Domingo do amor aos inimigos. 7º do Tempo Comum – Ano C – 2022

Por prevenção, não vamos à comunidade para Celebrar o Dia do Senhor, mas podemos celebrar na pequena Igreja da nossa casa, e nos alegrar com a presença de Jesus em nossa mesa. Aproveite também para divulgar entre amigos/as, familiares e sua comunidade de fé os roteiro da nossa celebração! O Senhor te guardará de todo o mal; guardará a tua alma! (Sl 121:7) Levando em conta a impossibilidade de celebrações presenciais , o Liturgia nas Casas oferece um roteiro simples, para possibilitar que o domingo seja celebrado na pequena comunidade de fé em cada casa.

blank

Prepare um espaço com cadeiras em circulo, coloque no centro sobre um tecido a bíblia e uma vela, convide as pessoas para se juntarem [mantendo a necessária distância]. Alguém acende a vela. Todos ficam em silêncio por algum tempo. A pessoa que vai presidir começa a celebração com os versos da abertura.

 

  1. ABERTURA
    Quem preside canta, os demais repetem fazendo o sinal da cruz enquanto canta o primeiro verso:
    Vem, ó Deus da vida, vem nos ajudar! (bis)
    Vem não demores mais vem nos libertar. (bis)
    Venham adoremos, Cristo ressurgiu! (bis)
    A criação inteira, o Senhor remiu. (bis)
    Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo Espírito. (bis)
    Glória à Trindade Santa, glória ao Deus bendito! (Bis)
    Aleluia, irmãs, aleluia irmãos. (bis)
    Povo de sacerdotes, a Deus louvação. (bis)
  2. RECORDAÇÃO DA VIDA
    Neste domingo do amor aos inimigos, acolhamos este caminho que Deus abre para a humanidade, em Jesus, e alegremo-nos nele.
    Quem coordena a celebração convida as pessoas a partilharem fatos da semana que passou, que são sinais da manifestação de Deus entre nós.
  3. SALMO 100
    Louvemos ao nosso Criador e Pastor, como fazia o antigo povo em suas romarias, e agradeçamos por fazermos parte do seu povo e recebermos em nossa vida o seu favor.

Aclame a Deus, ó terra inteira,
Venha adorar o Senhor!
1.Com alegria sirva a seu Deus
Gritando alegre, ó povo seu!
2.Lembre, o eterno é nosso Deus,
Ele nos fez, nós somos seus.
3.Somos seu povo, vamos cantando,
Somos ovelhas do seu rebanho!
4.Entre no templo agradecendo,
Seu santo nome bendizendo!
5.Sim, o Senhor, só ele é bom;
É para sempre o seu amor!
6.Sua verdade dura pra sempre,
Ele é fiel eternamente!
7.Glória a Deus Pai, glória a Jesus
E ao Divino, eterna luz.

Oração silenciosa

  1. ORAÇÃO
    Oremos ao Senhor… [breve silêncio]
    Ó Deus, mãe de ternura e compaixão,
    dá-nos a graça de sempre conhecer
    o que é agradável aos teus olhos
    e realizar a tua vontade em nossas palavras e ações.
    Por Cristo, nosso Senhor. Amém.
  2. PARA ACOLHER O EVANGELHO
    Mandai o vosso Espírito Santo,
    o paráclito aos nossos corações
    e fazei-nos conhecer as Escrituras,
    as Escrituras que foram por ele inspiradas.
  3. LEITURA DO EVANGELHO – Lucas 6,27-38
  • Uma pessoa da casa faça pausadamente a leitura:
    Leitura do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas
    Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: 27A vós que me escutais, eu digo: Amai os vossos inimigos e fazei o bem aos que vos odeiam, 28bendizei os que vos amaldiçoam, e rezai por aqueles que vos caluniam. 29Se alguém te der uma bofetada numa face, oferece também a outra. Se alguém te tomar o manto, deixa-o levar também a túnica. 30Dá a quem te pedir e, se alguém tirar o que é teu, não peças que o devolva. 31O que vós desejais que os outros vos façam, fazei-o também vós a eles. 32Se amais somente aqueles que vos amam, que recompensa tereis? Até os pecadores amam aqueles que os amam. 33E se fazeis o bem somente aos que vos fazem o bem, que recompensa tereis? Até os pecadores fazem assim. 34E se emprestais somente àqueles de quem esperais receber, que recompensa tereis? Até os pecadores emprestam aos pecadores, para receber de volta a mesma quantia. 35Ao contrário, amai os vossos inimigos, fazei o bem e emprestai sem esperar coisa alguma em troca. Então, a vossa recompensa será grande, e sereis filhos do Altíssimo, porque Deus é bondoso também para com os ingratos e os maus. 36Sede misericordiosos, como também o vosso Pai é misericordioso. 37Não julgueis e não sereis julgados; não condeneis e não sereis condenados; perdoai, e sereis perdoados. 38Dai e vos será dado. Uma boa medida, calcada, sacudida, transbordante será colocada no vosso colo; porque com a mesma medida com que medirdes os outros, vós também sereis medidos.’ Palavra da Salvação.
  1. MEDITAÇÃO
  • Quem preside lê o texto abaixo e abre para a partilha do grupo:
    O amor ao próximo, em particular, o amor ao inimigo, ocupa boa parte do discurso programático de Jesus. Não se trata de leis para regular a conduta, mas de um espírito que anima a vida cristã, motivado pelo exemplo de Deus mesmo “que é generoso com ingratos e maus” (v. 35).
    A proposta é radical, envolvendo afetos (amai), ações concretas (tratai bem) e a comunhão no espírito (rezai) (v. 27-28); exigindo tolerância em suportar injustiça no corpo e nas posses, como um manifesto de não violência, onde a palavra de ordem é doar sem nada esperar em troca (v. 29-30). O parâmetro para tratar os outros, especialmente o inimigo, é a maneira como gostaria de ser tratado em situação semelhante. Ao mesmo tempo fica claro que o perdão dado a alguém reverte em benefício próprio (v. 37-38). A comunidade dos discípulos e discípulas é chamada por Cristo a exercer um amor sem fronteiras, deixando-se contagiar pela “medida larga” de Deus. Trata-se de superar o paradigma de vingança ou de combater a violência com mais violência. É um passo que não depende apenas de um esforço ou de um trabalho psicológico, mas de uma comunhão profunda com o Pai misericordioso, generoso com os ingrato e maus, abrindo-se para o seu Espírito que nos faz compassivos como ele é compassivo.
    Como os ouvintes de Jesus na planície, em nossa reunião litúrgica acolhemos a força sacramental desta palavra que soa para nós, não como uma ordem ou uma obrigação, mas como uma esperança. A ordem pode gerar disciplina, mas não uma mudança profunda de vida. Essa palavra se propõe para nós como um exercício e uma esperança. Chegar a amar o inimigo é prova de maturidade humana e sinal de que somos habitados pelo Espírito de Deus. Talvez não sejamos ainda capazes disso, mas esta palavra de hoje é uma promessa de que podemos chegar lá, pela graça de Deus.
  1. PRECES
    Invoquemos a Cristo, de quem procede todo o bem e peçamos com coração sincero:
    Ouve, Senhor, nossa oração.
    Anima, Senhor, a tua Igreja para que seja no mundo sinal do amor gratuito.
    Ouve, Senhor, nossa oração.
    Fortalece os organismos que combatem toda forma de discriminação e racismo.
    Ouve, Senhor, nossa oração.
    Sustenta com teu amor, os cientistas, os profissionais da saúde, todas as pessoas que estão a serviço da vida.
    Preces espontâneas… Quem preside conclui:
    Nós te suplicamos, ó Cristo, tu que és nosso intercessor e Salvador, na unidade do Espírito Santo. Amém.
  2. PAI NOSSO
    Quem preside faz o convite:
    Obedientes à palavra de Jesus, sob a inspiração do seu Espírito que ora em nós, rezemos com confiança: Pai nosso…
  3. ORAÇÃO
    Ó Deus,
    tua misericórdia permanece de geração em geração,
    e o universo inteiro proclama o teu nome.
    Escuta nossas preces e tem piedade de nós que, muitas vezes, ficamos presos em nossas quedas e visões limitadas.
    Dá-nos um coração liberto de toda divisão
    e dominação e a graça de um amor total,
    para além de todo preconceito e discriminação.
    Faze-nos semelhante ao teu Cristo,
    bendito para sempre. Amém.
  4. BÊNÇÃO
    Que o Deus de toda consolação disponha na sua paz os nossos dias e nos bençoe, o Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.

ORAÇÃO À MESA
Estando todos/as em torno da mesa, quem preside faz a oração:
Vem Senhor, à nossa mesa e dá-nos o vinho novo da tua presença. A nós que recebemos o dom da tua Palavra, concede a tua bênção sobre nós e estes alimentos e renove na humanidade a esperança de dias melhores. A ti a glória pelos séculos. Amém.
Em nome do Pai e o Filho e o Espírito Santo. Amém.

Roteiro: PenhaCarpanedo, pddm, redatora da Revista de Liturgia e membro da Rede Celebra.

Clique e baixe em seu aparelho celular, tablete ou computador o roteiro e os áudios.

 

7o-COMUM-Ano-C-Celular

7o-COMUM-Ano-C-impresso

 

blankQuer aprofundar sobre celebrações nas casas ?
Veja esta publicação do CEBI, assinada pelo Frei Carlos Mesters
Literatura popular, libertária e ecumênica.
Compre esse e outros livros no site AQUI

 

 

 

 

 

 

 

blank

Agenda CEBI 2022 – Casa Comum: Espaço para a diversidade
Você já fez a sua reserva?
???? LIGUE JÁ!
51 3568 2560/ 51 997344518 ou
peça pelo site AQUI

Liga228 situs judi bola merupakan situs judi bola online dengan pasaran terlengkap.

Kunjungi situs judi bola terlengkap dan terupdate seluruh asia.

Situs sbobet resmi terpercaya. Daftar situs slot online gacor resmi terbaik. Agen situs judi bola resmi terpercaya. Situs idn poker online resmi. Agen situs idn poker online resmi terpercaya. Situs idn poker terpercaya.

situs idn poker terbesar di Indonesia.

List website idn poker terbaik.

Game situs slot online resmi

slot hoki terpercaya

slot terbaru

rtp slot gacor

agen sbobet terpercaya

slot online judi bola terpercaya slot online terpercaya judi bola prediksi parlay hari ini

Seu carrinho está vazio.