Bem vindo(a) ao CEBI ! (51) 3568-2560

Pentecostes: em tempo de Páscoa morre o velho para surgir o novo! Artigo de Mauro Morelli

Pentecostes: em tempo de Páscoa morre o velho para surgir o novo! Artigo de Mauro Morelli
28 de maio de 2020 Comunicação

“Vigiai e orai, tempo difícil pela frente, nada fácil morrer o velho, nem fácil será o parto do novo. Vigiai e orai! Eis que uma cidade nova vai surgir livre de reis, soldados e sacerdotes, de templos e altares”, escreve dom Mauro Morelli, bispo emérito da Diocese de Duque de Caxias, RJ.

Eis o artigo.

No dia dos pães sem fermento Jesus pôs-se à mesa com os apóstolos e disse: “Ardentemente desejei comer convosco esta ceia pascal, antes de padecer” (Lc 22, 15-16).

Aos nove de Abril de 2020, reinando o coronavírus no Império da Pandemia, em São Roque de Minas, na Serra da Canastra, a cidade deserta, em quarentena, estando este ancião com o pastor mais jovem e titular da extensa paróquia, sentados na varanda de nossa casa para a oração do louvor vespertino, eis que alguém com três toques nos chama ao portão.

Para nossa surpresa, Jesus de Nazaré, com sandálias nos pés e cajado de peregrino, mochila nas costas, foi logo dizendo: A paz esteja com vocês! Mais do que nunca desejo, antes de padecer, celebrar a Páscoa com meu povo. Ouço seu clamor e sinto sua angústia no meio dos alaridos e contorções da própria Terra ferida pela ganância desmedida que transforma alimento em vil moeda, gerando peste, fome e guerra.

Sentando-se à mesa conosco, depois de um bom café com pão de queijo, com olhar penetrante e voz firme, mas suave para nos encorajar, quase confidenciando, retomou a palavra: “Não tenham medo de celebrar a Páscoa“… sem povo, vigiai comigo e orai. Virão tempos difíceis pela frente com muito sofrimento e morte, mas uma nova manhã vai raiar em que mães não mais vão chorar a morte de seus filhos, mas dançar de alegria pois criança não mais morrerá criança e chegará aos cem anos com o vigor da juventude. (Is 65,17-21).

Vigiai e orai, tempo difícil pela frente, nada fácil morrer o velho, nem fácil será o parto do novo. O povo está disperso e desunido; o pão anda escasso e o cálice vazio; cadeias amarram a liberdade; a vida de tantas formas ameaçada; a paz, no mundo profundamente abalada. Nos vales e planícies, não se ouvem mais os cânticos da vida, mas gemidos da fome e gritos dos cárceres do terror.

Vigiai e orai! Eis que uma cidade nova vai surgir livre de reis, soldados e sacerdotes, de templos e altares (Ap 21). No Quilombo do Brasil, como em outras repúblicas e impérios, não mais fome, miséria, violência e morte que jorram da Ordem e Progresso que sustentam e alimentam tirania, concentração de poder e riqueza, desperdício e miséria!

Neste século XXI, da minha era, em novo Pentecostes a Vida em Comunhão vai renascer. Sempre a caminho, o Povo peregrino abençoará o pão e fará a partilha nas casas ou em tendas à margem da estrada. Vai levantar e caminhar em cada manhã em busca da Terra Prometida onde tudo e todos estarão conectados em rede fraterna e solidária, o lobo e o cordeiro bebendo na mesma fonte.

Pelas portas dos templos que novamente se abrem, ecoarão gemidos e cantilenas delirantes da agonizante Velha Matrona, outrora revestida de pompa e poder, prestígio e glória, com a Tríplice Coroa, com escudos e títulos de nobreza. Pobres pescadores transformados em nobres e príncipes, dominando sobre reis e até sobre a consciência dos povos como se pudessem possuir a Verdade que é maior do que o Universo!

Eis que surge uma menina subindo a escadaria do templo, sentando-se pelos degraus sem pressa, olhando formigas e insetos, encantada com os pássaros e contente com suas perguntas sobre tudo que encontra no caminho ou voando pelos ares.

Assim será meu povo, simples como criança, incapaz de viver sem colo e sem mão amiga, sempre querendo saber a razão das coisas que lhe apresentam. Sem senhores e soberanos, errando ou trocando passos, não fazem distinção de classe ou raça. Todos se revestem da mesma dignidade, como ministros e servidores da vida.

Superando barreiras e preconceitos, com hinos de louvor, proclamam que no seio da Terra as sementes da Verdade, lançadas na vastidão do mundo, desabrocham em flores e frutos, na vida de peregrinos de outros caminhos. No dom do Espírito não adoram ídolos, nem se curvam diante do poder do ouro e da vaidade. Na força do Espirito expulsam os demônios da magia, do poder e da riqueza.

povo peregrino não é dono de nada, não ajunta tesouros, repartindo o pão com a criança, o jovem e o idoso. Acredita que a saúde e a vida das crianças, de todo mundo, é o lucro do trabalho. O primeiro lugar pertence ao pequeno e ao fraco, ao doente e ao idoso. Meu povo acredita que tem a posse da terra, dádiva divina, quem nela trabalha para o sustento da vida.

Em silêncio, ficamos contemplando o sol se pondo sobre a Canastra, com uma prece: Fica conosco, Peregrino do Amor Misericordioso! Na noite daquele mesmo dia, éramos não mais do que doze tomando assento à mesa, no esplendor das luzes e no vazio do templo, para dar início à celebração do Solene Tríduo Pascal. Pela porta aberta do templo, na montanha elevado, água pura foi jorrando em cascata, ladeira abaixo, a terra fecundando. Em festa da Vida transformou o jardim da agonia.

No vale florido, aves revoaram, paralíticos saltaram, famintos foram saciados e prisioneiros com alegria a liberdade aclamaram, no coro do povo em fraternidade reunido. Entre pequenos e simples, prostitutas e publicanos, pescadores e feirantes, o cântico de Belém foi de novo entoado: Glória a Deus nas alturas e paz na terra ao povo muito amado!

semente da mostarda, em muitas sementes transformada, pelo mundo foi se alastrando. De várias raças e línguas, o povo miúdo, ignorantes e escravos, alguns poucos nobres e sábios, na fraternidade repartem o pão, no vinho do tempo novo embebido!

Povo Peregrino, cultivando sonhos, estará sempre a caminho até mergulhar na Comunhão da Vida em que o Pai, com seu coração de Mãe, será tudo em todos (1Cor 15,28).

Artigo publicado no site Instituto Hamanitas -Unisinos : http://www.ihu.unisinos.br/599414-pentecostes-em-tempo-de-pascoa-morre-o-velho-para-surgir-o-novo-artigo-de-dom-mauro-morelli

Liga228 situs judi bola merupakan situs judi bola online dengan pasaran terlengkap.

Kunjungi situs judi bola terlengkap dan terupdate seluruh asia.

Situs sbobet resmi terpercaya. Daftar situs slot online gacor resmi terbaik. Agen situs judi bola resmi terpercaya. Situs idn poker online resmi. Agen situs idn poker online resmi terpercaya. Situs idn poker terpercaya.

situs idn poker terbesar di Indonesia.

List website idn poker terbaik.

Game situs slot online resmi

slot hoki terpercaya

slot terbaru

rtp slot gacor

agen sbobet terpercaya

slot online judi bola terpercaya slot online terpercaya judi bola prediksi parlay hari ini