Bem vindo(a) ao CEBI ! (51) 3568-2560

Não somos chamados a julgar, mas a amar e servir!

Não somos chamados a julgar, mas a amar e servir!
17 de março de 2022 Zwei Arts

Não somos chamados a julgar, mas a amar e servir!

Leia a reflexão sobre Lucas 13,1-9, texto de Itacir Brassiani

Há pessoas que se comprazem em condenar as vítimas e alforriar os algozes, e em afirmar que as tragédias que se multiplicam não passam de fatalidades imprevisíveis. E há muita gente resiste a encarar e dar nomes aos males que nos rodeiam e com os quais às vezes colaboramos, da pandemia à guerra na Ucrânia. O conhecimento e o reconhecimento dos fatos e das pessoas supõem abertura, sensibilidade, conversão.

Deus irrompe na vida de Moisés a partir do sofrimento do seu povo. Este sofrimento profundo, intenso e real é simbolizado no fogo. Deus chega dizendo, quase aos gritos, que está vendo a opressão do seu povo, que os seus sofrimentos ferem seu coração e os clamores ferem seus ouvidos. É como se Deus dissesse a Moisés: ‘E você não vê nada, não escuta nada?’ Acontece que o nosso ver e o nosso julgar podem estar a serviço de uma determinada ideologia ou por ela condicionados, de modo que vemos algumas coisas e estamos cegos para outras

Esta questão está bem ilustrada no episódio narrado por Lucas, no evangelho do terceiro domingo da quaresma. Está no contexto do ensino de Jesus sobre a missão profética e solidária dos discípulos e sobre a necessidade de interpretar corretamente os sinais dos tempos. Alguns fariseus interrompem a catequese de Jesus trazendo-lhe a notícia de que um grupo de galileus rebeldes fora assassinado por Herodes no templo. Isso ressoa como uma advertência a Jesus: ‘Continue assim, e verás o que acontecerá! Não esqueça que Herodes e Pilatos estão atentos’.

Mas está presente também uma acusação às próprias vítimas: no entendimento dos fariseus, Herodes representaria a mão de Deus, que pune aqueles que, de alguma forma, são culpados. Esta é uma interpretação terrível de fatos em si mesmo trágicos. Por isso, Jesus reage criticando o preconceito dos fariseus frente aos galileus e questionando a leitura justificadora e irresponsável que eles fazem dos fatos. E o faz chamando à memória dos discípulos e fariseus outra ocorrência, conhecida de todos: a queda de uma torre que resultara na morte de 18 judeus em Jerusalém.

Ao mesmo tempo, Jesus enfrenta com firmeza as tentativas que querem demovê-lo da decisão de prosseguir sua missão profética e a teologia ensinada pelos defensores do templo.  Afirmando que somos todos pecadores, que estamos sujeitos a errar ou a não atingir a meta, Jesus nos convida a deixar a cadeira de juízes e abrir os olhos para uma realidade que é mais complexa que a simples divisão entre ‘pessoas de bem’ e ‘gente que não presta’.

Os Bispos do Brasil afirmam “O individualismo não nos torna mais livres, mais iguais, mais irmãos. A simples soma dos interesses individuais não é capaz de gerar um mundo melhor para toda a humanidade, nem pode nos preservar de tantos males que se tornam cada vez mais globais. O individualismo radical é o vírus mais difícil de vencer. Ele nos ilude e faz crer que tudo se reduz a soltar as rédeas das próprias ambições, como se acumulando ambições e seguranças, pudéssemos construir o bem comum” (cf. Texto-Base, nº 40).

A mensagem mais forte da liturgia do terceiro domingo da quaresma é o apelo à conversão, que começa com uma mudança no nosso modo de ver a realidade e de julgar os fatos e as pessoas. A conversão não se faz aos saltos, nem de uma vez para sempre. ‘Conversão, justiça, comunhão e alegria no cristão é missão de cada dia.’ A conversão começa no encontro com Jesus, que nos ama de forma incondicional e aposta nas nossas possibilidades e na nossa vontade. Mesmo não vendo os frutos esperados e tendo motivos para não esperar qualquer mudança, ele se dispõe a adubar o terreno com sua palavra e seu próprio corpo.

Jesus de Nazaré, Filho da Humanidade e Filho de Deus! Não nos deixes cair na tentação de pensar que a pandemia, a guerra e a educação nada têm a ver com nossa fé e de culpar as vítimas pelas próprias misérias. Que cada um de nós, nossas comunidades e movimentos, partindo da certeza de que Deus, teu e nosso pai, é lento e suave na cólera, mas rápido e estável na bondade, não assimilemos tuas lições. Aduba nossa vida com tua Palavra, teu Corpo e teu Sangue, para que possamos dar os frutos esperados. Assim seja! Amém!

Liga228 situs judi bola merupakan situs judi bola online dengan pasaran terlengkap.

Kunjungi situs judi bola terlengkap dan terupdate seluruh asia.

Situs sbobet resmi terpercaya. Daftar situs slot online gacor resmi terbaik. Agen situs judi bola resmi terpercaya. Situs idn poker online resmi. Agen situs idn poker online resmi terpercaya. Situs idn poker terpercaya.

situs idn poker terbesar di Indonesia.

List website idn poker terbaik.

Game situs slot online resmi