Bem vindo(a) ao CEBI ! (51) 3568-2560

Som da resistência: Romper o mal

Som da resistência: Romper o mal
25 de outubro de 2018 CEBI Secretaria de Publicações
A Frente dos Evangélicos pelo Estado de Direito (FEED) e a Associação Brasileira de Documentaristas (ABD) fizeram uma música e um clipe como forma de enfrentamento e resistência frente ao cenário de intolerância e fundamentalismos no Brasil.

Consideramos importante a publicação deste projeto para o resgate ecumênico da história libertária de Jesus. Afinal, dentro do cenário das Igrejas, é preciso haver diálogo e fortalecimento da resistência contra o fundamentalismo. Como descreve a chamada do vídeo: “Quando a multidão enfurecida estava prestes a apedrejar os pecadores, Cristo trouxe palavras de desarmamento do corpo e da mente. Neste clipe da música Romper o mal, da compositora e cantora Carolina Cunha, a famosa passagem de João 8 é evocada para refletir sobre os dias de hoje.”

Veja a mensagem enviada por Carolina Cunha ao CEBI sobre o projeto:

Faço parte de um coletivo interdenominacional que produziu um clipe muito especial que visa conscientizar, alertar e explanar o real sentido do Evangelho de Jesus Cristo. Foi um projeto pensado com muito carinho e desenvolvido sem fins lucrativos ou partidários, onde o centro da ideia é confrontar os ensinamentos do Mestre com o discurso incoerente, cheio de ódio e mentiras e grandemente persuasivo no meio cristão, levantado pelo candidato à presidência Jair Bolsonaro.

Quem assina esse projeto é a Frente dos Evangélicos pelo Estado de Direito (FEED) e a Associação Brasileira de Documentaristas (ABD). Neste momento estamos em busca de apoio para divulgação do clipe. Mais do que um clipe, para nós é um projeto de amor e consciência. Estarei enviando o link, pedindo atenciosamente que assistam ao vídeo e considere a possibilidade de nos ajudar a compartilhá-lo e fazê-lo chegar ao máximo de corações possíveis, na tentativa de reverter o nosso atual cenário e evitar um caos ainda maior para o povo brasileiro e a nossa democracia.

Assista o vídeo:

Partilhado por Carolina Cunha.