Bem-vindo ao CEBI! (51) 3568-2560 | [email protected]

CONIC repudia incentivos para que se comemore o Golpe de 64

CONIC repudia incentivos para que se comemore o Golpe de 64
28 de março de 2019 Centro de Estudos Bíblicos

via CONIC*

Fiel ao projeto de Jesus, ele mesmo vítima da tortura e da violência militar de sua época, o CEBI subscreve a presente nota, reiterando seu compromisso com a dignidade da pessoa humana. Ditadura nunca mais!

Expressamos nosso total repúdio em relação a toda e qualquer postura que incentive comemorações alusivas ao Golpe de 1964 – período marcado pela censura e pela violação sistemática dos direitos humanos.

Precisamos, sim, fazer memória pelas inúmeras vidas de mulheres, homens, brancos, negros e indígenas, ricos e pobres, interrompidas por defenderem a democracia e a igualdade. Vidas que devem ser respeitadas; memórias que não podem ser aviltadas em nome de ideologias. Também devemos lembrar as muitas vítimas que, violentadas pela tortura, ainda sofrem as sequelas e consequências da Ditadura Militar.

O CONIC concorda com o Ministério Público Federal (MPF) que, também em nota, lembra que tais posturas soam “como apologia à prática de atrocidades massivas e, portanto, merece repúdio social e político, sem prejuízo das repercussões jurídicas”.

#DitaduraNuncaMais
#GolpeDe1964
#TorturaNuncaMais
#JesusCristoFoiTorturado

Enviado pelo Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil – CONIC via email.

Arte de capa: Ateliê15