Bem vindo(a) ao CEBI ! (51) 3568-2560

CEBI Resiliência, um fundo de ajuda humanitária a comunidades impactadas pela pandemia da COVID-19 (Etapa I)

CEBI Resiliência, um fundo de ajuda humanitária a comunidades impactadas pela pandemia da COVID-19 (Etapa I)
14 de dezembro de 2021 Comunicação

A pandemia de COVID-19 gerou uma crise sanitária e social nunca vista na história recente da humanidade, e sobretudo, no Brasil, que já vinha desde 2016(após o Golpe contra Dilma Rousseff) gerando crescente pobreza, desemprego e sucateamento dos serviços essenciais à população, como saúde, educação e assistência social. É neste difícil contexto, de agravamento e agudização das desigualdades patrocinadas pela atual política do governo Bolsonaro, que o  CEBI Nacional lançou com apoio das agências parceiras, o fundo de ajuda humanitária,  CEBI Resiliência.

Como se sabe, não é do escopo do ministério do CEBI fazer ações de ajuda humanitária diretamente, mas a fome tem pressa e é preciso agir rápido para levar alívio a população com a qual nossos grupos trabalham, nos quais reconhecem que é o próprio Cristo que está com fome, sede, não tem o que vestir e ficou adoecido. (Cf. Mt 25).

O CEBI Resiliência, em execução desde outubro de 2021, aprovou com o aval do CEBI de cada Estado, 8  iniciativas voltadas para atender emergências, especialmente as de insegurança alimentar; Fortalecer a atuação de grupos do CEBI junto aos grupos mais vulneráveis e, por último, vivenciar a missão do evangelho de Jesus de Nazaré: … Dai-lhes vós mesmos de comer. (Mt 14, 16b). Cada projeto recebeu até 3 mil reais, com prazo de encerramento e prestação de contas até 30 de dezembro deste ano.

Conheça agora os 8 projetos apoiados pelo CEBI Resiliência !

 

Projeto GARANTIR                                             Proponente : Associação Social Anglicana de Solidariedade do Cerrado

Cidade /Estado : Brasília – DF

Ação  : Este projeto irá proporcionar ampliação do campo de trabalho que a CASA A + vem desenvolvendo com pessoas vivendo com HIV, mulheres, jovens,  trabalhadores do sexo, LGBTQIA+, e pessoas que usam drogas, proporcionando a capacitação técnica, incentivando a capacidade de empreendedorismo para que possam se preparar para enfrentar a pandemia da COVID.

 

Projeto FERMENTANDO A VIDA                                             Proponente : CEBI Rio Grande do Sul

 

Cidade/Estado: Gravataí – RS

Ação : Aquisição de um forno elétrico industrial para fabricação de pães para doaçãoe. O forno elétrico também será disponibilizado às famílias cadastradas (pessoas desempregadas, empobrecidas da nossa região entre elas imigrantes haitianos, senegaleses e venezuelanos que residem na região de Gravataí) para que possam fazer seus pães.

 

Projeto ‘CUIDAR                                                                           Proponente : CEBI Roraima

 

Cidade/Estado : Boa Vista – RR

Ação : O projeto pretende atender com doaççoes de alimentos, famílias, mães solteiras com crianças, mulheres vivendo só com filhos com maridos vivendo distantes da familia.

 

Projeto AJUDA A QUEM TEM FOME                                     Proponente : CEBI Piauí

 

Cidade/Estado : Matias Olimpio- PI

 

Ação : Ajuda imediata a quem, em virtude da pandemia, perdeu seu emprego e vem passando fome. Pessoas que vivem nas periferias e pequenos núcleos rurais da cidade Matias Olimpio.

 

Projeto  MAMAGAL SOLIDÁRIO                                                Proponente : CEBI Pará

 

Cidade/Estado : Belém – PA

 

Ação :  Distribuição de gêneros alimentícios e de higiene pessoal para  20 famílias em vulnerabilidade social da comunidade ribeirinha do Rio Mamagal Grande.

 

Projeto SOLIDARIEDADE E TRANSFORMAÇÃO                Proponente : Diocese Anglicana de Brasília

 

Cidade /Estado : Brasilia – DF

 

Ação : Esse projeto visa atender a necessidade imediata da Comunidade da Vila União – Novo Gama – GO, onde está localizado o Centro Social Anglicano – CSA, oferecendo Cestas Básicas a essas famílias, chefiadas por mulheres em situação de vulnerabilidade social, trabalhadoras domésticas.

 

Projeto COZINHA ESCOLA COMUNITÁRIA MÃOS SOLIDÁRIAS                       Proponente : Associação Anglicana do Nordeste

 

Cidade/ Estado : Petrolina PE

 

Ação : Fortalecimento das ações da Cozinha Comunitária Mãos Solidárias de caráter profissionalizante, voltadas para atender mulheres e mães de maternidade solo em situação de pobreza e fome.

 

Projeto ALIMENTANDO A ESPERANÇA                                                            Proponente :  Associação da Casa da Juventude de São Mateus  do Maranhão e CEBI Maranhão

 

Cidade/ Estado : São Mateus – MA

 

Ação : Aquisição de cestas básicas para 50 famílias da periferia e da área rural do município de São Mateus, onde as mulheres chefe de família serão prioritariamente atendidas.

 

Em breve, estaremos divulgando cada uma dessas experiências apoiadas pelo Fundo de Ajuda Humanitária – CEBI Resiliência.