Bem vindo(a) ao CEBI ! (51) 3568-2560

A Samaritana anônima e o judeu Jesus

A Samaritana anônima e o judeu Jesus
A Samaritana anônima e o judeu Jesus
25 de março de 2011 Centro de Estudos Bíblicos
Neste Terceiro Domingo da Quaresma, diversas igrejas cristãs fazem uso do texto de Jo 4 (a Samaritana e Jesus) em suas liturgias.

O CEBI apresenta dois artigos como sugestão de aprofundamento.

O primeiro é da Pastora Elaine Neuenfeldt: Encontros e diálogos entre a Samaritana e Jesus. Elaine propõe uma aproximação do texto "a partir de elementos que constituem necessidades do cotidiano: pão, fome, água, sede, carência, relação". Sugere que o texto deve ser tomado "como memória de ações e protagonismos de mulheres, como proposta comunitária que direciona a ação missionária para fora dos limites geográficos". Em sua análise, faz uso dos instrumentais da construção social dos gêneros masculino e feminino. O artigo é extraído do livro Bíblia e Educação Popular: encontros de Solidariedade e Diálogo.

O segundo é um trecho do livro Raio-X da Vida, de Carlos Mesters, Mercedes Lopes e Francisco Orofino: O encontro entre uma samaritana e um judeu.

Segundo os autores, Jesus aprende com a mulher: "Ele descobre que, na vida da samaritana, pessoa não judia e não praticante, existe o dom de Deus" (Jo 4,10). A Boa Nova de Deus existe na vida de todas as pessoas. Os discípulos e as discípulas não são os donos da Boa Nova. Devem ser servidores, instrumentos. Sua missão é ajudar as pessoas a descobrir o dom de Deus dentro das suas vidas." O artigo faz parte do livro Raio-X da Vida.