Bem vindo(a) ao CEBI ! (51) 3568-2560

DABAR VI: gente de vários cantos do Brasil, da Nicarágua, Bolívia, México e Venezuela

DABAR VI: gente de vários cantos do Brasil, da Nicarágua, Bolívia, México e Venezuela
9 de janeiro de 2014 Centro de Estudos Bíblicos
DABAR VI: gente de vários cantos do Brasil

Realiza-se em São Leopoldo/RS a terceira etapa do DABAR, Curso de Especialização em Assessoria Bíblica, promovido pelo CEBI em parceria com a Faculdades EST. Já em sua sexta edição, o curso ajudou a formar quase 200 lideranças de diversas partes do Brasil e de outros países. Desta edição, participam 32 pessoas.

A seguir o relato do próprio grupo participante.

“Procurando guardar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz.
Há um só corpo e um só Espírito, como também fostes
chamados em uma só esperança da vossa vocação;
Um só SENHOR, uma só fé, um só batismo;
Um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos,
e por todos e em todos vós.” (Ef 4,3-6)

E o tempo do reencontro chegou em São Leopoldo! Os/as participantes do DABAR VI começaram a chegar do Norte, Nordeste, Sudeste, Centro-Oeste e do Sul, além de participantes da América Latina (Nicarágua, Bolívia, México e Venezuela) e da Indonésia. Viemos para a Faculdades EST, onde o curso de especialização em Bíblia se realiza em parceria com o CEBI, trazendo as nossas esperanças, nossas crenças, nossos desejos e gestando as nossas monografias finais de curso. É o terceiro módulo a se realizar de 05 a 17 de janeiro de 2014.

O tema desta etapa é sobre o Novo Testamento e tem a assessoria de Francisco Orofino, Luiz Dietrich e Verner Hoefelmann.

Nas malas, algumas certezas, muitas dúvidas e um caminho, que é brindado pelo início do 13º Intereclesial das CEBs em Juazeiro do Norte/CE. Corpos que cantam, que dançam, olhares fortes, lembranças de nossas comunidades marcadas a ferro e fogo nas nossas peles e mentes.

Fazer o caminho do DABAR, caminho romeiro que nos tira dos nossos portos seguros e nos faz realizar a dança da vida, movimento que gera a dinâmica de mudança, consciência de encontrar buracos, cair e levantar, encontrar as diferenças nas encruzilhadas.

E aprender, acima de tudo, a gostar da riqueza das diferenças e aproveitar disso tudo para que nos tornemos cada vez mais humanos e, portanto, divinos, copartícipes, artesãos no nosso ato da criação. Com o desejo de que esse curso nos transforme em artesãos das nossas próprias vidas, seja no DABAR ou em nossas comunidades, Shalom! Axé! Auerê! Amém!

Elaborado pelo grupo do DABAR VI.