Bem vindo(a) ao CEBI ! (51) 3568-2560

CEBI-RS: Juventude Ecumênica na Fronteira com o Uruguai

CEBI-RS: Juventude Ecumênica na Fronteira com o Uruguai
28 de abril de 2014 Centro de Estudos Bíblicos
CEBI-RS: Juventude Ecumênica na Fronteira com o Uruguai
Com alegria começamos o encontro bíblico ecumênico para jovens, com o tema: “De estudantes a cidadãs e cidadãos – Rede de Jovens e Participação”.  A assessoria do encontro foi de José Luiz Possato Jr – CEBI-RS.  O encontro teve como objetivo animar e celebrar com a leitura bíblica jovens de diferentes denominações da fronteira do Rio Grande do Sul: Livramento e Rivera, despertando nos jovens a reflexão e a participação cidadã.
 
Iniciamos com um momento de espiritualidade dinamizado pelo grupo de jovens da casa, o qual convidou os demais a refletirem sobre o tema da ‘cruz’ desde uma perspectiva juvenil. Os jovens, simbolicamente, pegaram o desenho de uma cruz e nesta escreveram situações que identificam como cruzes da juventude. Após breve partilha entre o grupo, concluiu-se com uma roda de partilha e a oração do Pai Nosso Ecumênico.
 
O assessor iniciou sua reflexão explorando com o grupo a intencionalidade do tema proposto, desde o sentido das palavras. O grupo foi participando fazendo suas contribuições e intervenções desde as provocações feitas. Falar de Rede de Juventudes, é falar de diversidade de pensamento, culturas, grupos afins, o contrário de uma predominância de um único pensamento. Estar em rede é garantir a identidade individual de cada pessoa. O texto de Lucas 14,25-33 foi um dos fios condutores de nossa conversa, pois a partir dele o grupo foi analisando o discurso político de Jesus em relação ao seu povo. Os jovens foram percebendo que a ação política é algo que não pode ser atrelado somente à questão das eleições, mas a consciência do nosso exercício como cidadãs e cidadãos.
 
A juventude se movimentou bastante e quis entender os detalhes da Palavra, sua postura, confrontando com a sua realidade. Foi-lhes apresentada a metodologia VER, JULGAR e AGIR, a fim de mobilizar o grupo a pensar em propostas, projetos concretos que possam intervir na realidade. O grupo foi convidado a formar grupos e construir projetos juntos. Após o tempo para partilha e construção em grupo, os jovens apresentaram suas propostas e projetos elaborados. Os temas abordados pela juventude: drogas, violência e preconceito.
 
É necessário que a forma de ver e analisar as situações não seja ingênua, é preciso ampliar, aprofundar a análise. Durante as apresentações, o assessor foi realizando intervenções, a fim de provocar o grupo a sair da zona de conforto. Refletir sobre as motivações que temos para realizar determinadas ações e as consequências que as ações e atitudes que assumimos podem refletir na forma como vivemos. Ao finalizar o encontro, percebeu-se a necessidade de que o grupo pudesse assumir um projeto comum, garantindo a formação e aprofundamento do tema em questão. Após breve análise do assessor, o grupo foi convidado a se manifestar, posicionando-se diante de duas propostas: criação de vídeos/teatro ou de um grupo fechado no facebook para discussão. Como compromisso, o grupo assumiu a proposta do grupo de discussão no facebook. O assessor se comprometeu a assumir o acompanhamento juntamente com a equipe de assessoria do CEBI Jovem – Fronteira.
 
Confira mais algumas fotos do evento

""
 
 
""
 
 
""
 

 

""