Bem vindo(a) ao CEBI ! (51) 3568-2560

Em Assembleia da CESE, CEBI ajuda a reforçar a luta do povo quilombola

Em Assembleia da CESE, CEBI ajuda a reforçar a luta do povo quilombola
9 de junho de 2017 Centro de Estudos Bíblicos
Realizada nos dias 8 e 9 de junho em Salvador, a Assembleia da Coordenadoria Ecumênica de Serviço (CESE ) esteve junto às comunidades da Ilha da Maré, formadas em sua maioria por grupos remanescentes de quilombos ameaçados por megaprojetos (Petrobrás, Braskem e Odebrect, entre outros).

Tendo a pesca como principal atividade de subsistência, tais comunidades padecem não apenas em função da ausência dos serviços básicos como saúde, educação e opções de lazer, mas também por causa dos impactos de um modelo econômico que tem por base o lucro desenfreado. Nesse modelo, chama-se de desenvolvimento a instalação de indústrias na região, além de plataformas de extração ou refinaria de petróleo e derivados, também portos para escoamento de produtos, isso tudo sem qualquer preocupação ambiental ou social.

Desenvolvimento pra quem?

Vítimas de um racismo institucional, desrespeitadas em seus costumes, em sua cultura e direitos, as comunidades da Ilha da Maré também denunciam os permanentes abusos do próprio Estado, por meio da presença quase sempre violenta da Marinha Brasileira. Neste quadro, as mulheres marisqueiras são sempre as maiores vítimas.

Ao expressar sua solidariedade, as igrejas que e organismos que compõem a CESE conclamam toda sociedade para que possamos nos mobilizar para exigir respostas às demandas das/os pescadoras/es artesanais e exigir que as instâncias do Judiciário e Executivo assumam sua responsabilidade no sentido de garantir os direitos dessas comunidades e de frear a atuação agressora do capital.

O CEBI se fez representar na Assembleia por Edmilson Schinelo, secretário de Articulação e Intercâmbio. Também participou da assembleia Helivete Bezerra, que integra o CEBI-PE, mas na ocasião como delegada da Aliança Brasileira de Batistas.