Bem vindo(a) ao CEBI ! (51) 3568-2560

Aquilombar, uma canção para celebrar a ancestralidade do Povo Negro

Aquilombar, uma canção para celebrar a ancestralidade do Povo Negro
23 de novembro de 2020 Comunicação

AQUILOMBAR

Letra: Marco Davi – Música: Augusto Amorim Jr

 

Recentemente participei de uma celebração (virtual) na Nossa Igreja Brasileira (Rio de Janeiro), a convite do pastor e parceiro Marco Davi. Tivemos a oportunidade de conversar e, poucos minutos depois, ele me enviou uma poesia que muito me impressionou e me convidou para fazermos uma canção. O título era “Engenho e Senzala” e disse a ele que não poderia faltar naquela poesia o Quilombo, enquanto história e símbolo vivo. Prontamente ele acolheu a sugestão e respondeu criativamente. Estava, então, praticamente pronta a letra da música. Fiz, depois, apenas algumas pequenas modificações. Eis o desafio de musicar esta poesia que fala de saudade e ancestralidade, esperança e utopia, de luta, lida e festa, comunhão e justiça. Numa ponte Rio-Bahia -Bahia-Rio, unidos em Jesus e nas heranças da cultura negra.
“De Brasis, Bahia e Luanda
Surge o ser na luta, na lida…”
Foi então que coloquei a musicalidade que trago no corpo nascido e criado em São Salvador da Bahia para se encontrar com esta poesia…
Então veio a música das rodas de capoeira, onde luta e dança se entrelaçam. veio o labor, a criatividade e a alegria das rodas de choro e samba! E veio o vigor da musicalidade nordestina, a profundidade dos aboios, a vitalidade do baião.
Deste encontro nasceu esta canção.
Também para anunciar um novo tempo e caminhar…
“…tempo de harmonia
vida, festa, dança, folia
está repleto o quilombo
um verdadeiro esperançar
lugar comum, ombro a ombro
a missão em Cristo…
Aquilombar!”

 

Veja o vídeo onde o compositor interpreta a música: https://www.youtube.com/watch?v=rNEdU1DwI-k&feature=youtu.be