Reflexão do Evangelho

Preparemos o Natal semeando e cultivando a Esperança!

O profeta Isaías anuncia que a esperança cristã vem a partir de baixo. Num tempo em que Israel vivia a tragédia de uma monarquia que dava às costas ao povo, sufocando seus direitos sob o rumor ritmado das botas do exército, Isaías convida a fixar seu olhar em algo que está por acontecer: “Um broto vai surgir do toco que restou de Jessé… Ele julgará os fracos com justiça, dará sentenças em favor dos pobres da terra… A justiça será o cinto que ele usa, a verdade o cinturão que ele não deixa…”

O profeta diz que não se deve esperar mais nada da monarquia, que é preciso voltar ao toco de Jessé, ao pai de Davi, às origens populares da liderança. O futuro não está nas mãos do sucessor de plantão, mas nas iniciativas promissoras e alternativas de uma “comunidade-broto” que se deixa inspirar pelo Espírito de Javé, que afirma o direito dos fracos e humilhados, que só é implacável com os opressores. Nesse “povo-novo” não há relações violentas ou dominadoras: o lobo hospeda o cordeiro, o leão dorme ao lado do cabrito, as crianças brincam tranquilamente com as serpentes…

João Batista retoma este sonho de Isaías e diz que a realização dessa utopia não está longe. “O Reino dos céus está próximo!” Na verdade, o reinado de Deus já está em ação. É porque Deus está fazendo novas todas as coisas que precisamos converter-nos. A conversão parte da boa notícia de que Deus continua dando seu aval aos grandes anseios da humanidade. No Advento, a conversão se expressa na alegre descoberta de que algo estupendo está acontecendo e pede a nossa colaboração!

Por isso, a preparação para o Natal vai muito além de uma bela decoração das casas, ruas e templos. A esperança que nos anima não se baseia nos privilégios de classe ou raça, nem se reduz a algumas preces a mais ou a uma confissão rápida e superficial. Às elites religiosas, desejosas de manter a aparência de piedade e de correção sem mudar as práticas opressoras, João Batista grita: “Produzi fruto que mostre vossa conversão. O machado está posto à raiz das árvores. Toda árvore que não der fruto bom será cortada e jogada no fogo”.

Preparar os caminhos do Senhor em tempos de direitos humanos e sociais ameaçados significa afirmar o direito de toda pessoa à vida e à segurança, à liberdade de pensamento, de consciência e de religião; proclamar que nenhuma pessoa pode ser mantida em escravidão, submetida à tortura ou tratada ou castigada de forma cruel; garantir que toda pessoa possa participar da vida cultural da comunidade, fruir as artes e participar do processo científico e de seus benefícios; assegurar aos trabalhadores/as uma remuneração justa e satisfatória, que lhes assegure uma vida digna…

Ancorado na própria experiência, Paulo a Palavra de Deus foi escrita para que sejamos fortalecidos e mantenhamo-nos firmes na esperança, considerando que de Deus nos vem a concórdia e a harmonia. Permanecer firme na esperança tem pouco a ver com a crença numa utopia intimista ou escapista. Nas palavras ousadas de Jesus, Deus reina quando os últimos se tornam os primeiros e os primeiros passam para o fim da fila. A firmeza da esperança que nos mantém constantes é sustentada pela fé em Jesus Cristo crucificado e no Reino que ele anunciou, celebrou e realizou.

Pedindo nosso empenho pessoal no entendimento e na acolhida recíproca, Paulo nos exorta à vivência da acolhida e do entendimento entre os diferentes: católicos e evangélicos, cristãos e não cristãos, crentes e ateus engajados na construção de um outro mundo. Tendo um só coração e uma só voz, glorificaremos o Deus e Pai de Jesus Cristo, aquele que vem ao nosso encontro em Belém. Pessoas e grupos diferentes são todos vocacionados a glorificar e servir a Deus, cada um a seu modo!  Será que os sonhos e as dores compartilhadas não têm força para colocar juntos até lobos e cordeiros, crianças e serpentes?

Ó Pai, queremos renascer a partir de baixo, de mãos dadas com aqueles/as que nada contam para os grandes. Ajuda-nos a mudar nosso modo de ver e de pensar. Convence-nos de que não podemos descansar enquanto todos os seres humanos não forem reconhecidos em sua dignidade e tratados como dignos membros da única família humana. Mediante a palavra e o testemunho de João Batista, convence-nos de que não podemos apelar aos privilégios sociais, culturais e religiosos, e ensina-nos a sonhar coisas novas, como sonhou e viu o profeta Isaías. Assim seja! Amém!

Itacir Brassiani msf

Liga228 situs judi bola merupakan situs judi bola online dengan pasaran terlengkap.

Kunjungi situs judi bola terlengkap dan terupdate seluruh asia.

Situs sbobet resmi terpercaya. Daftar situs slot online gacor resmi terbaik. Agen situs judi bola resmi terpercaya. Situs idn poker online resmi. Agen situs idn poker online resmi terpercaya. Situs idn poker terpercaya.

situs idn poker terbesar di Indonesia.

List website idn poker terbaik.

Game situs slot online resmi

slot hoki terpercaya

slot terbaru

rtp slot gacor

agen sbobet terpercaya

slot online judi bola terpercaya slot online terpercaya judi bola prediksi parlay hari ini

Seu carrinho está vazio.

×