Partilhas

É Tempo do Advento: Tempo de Esperançar…

É Tempo do Advento: Tempo de Esperançar…
João Luiz Correia Júnior

Advento (do latim ad, para, e venio, vir, chegar), é o tempo litúrgico destinado à espera da segunda vinda de Cristo Jesus (Parusia), por meio do qual se atualiza a memória do sagrado mistério da Encarnação da Palavra de Deus: “E o Verbo se fez carne e habitou entre nós; e nós vimos a sua glória, como a glória do Unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade” (Jo 1,14).

O Advento é o tempo propício de preparação para celebrar o Natal do Senhor.

Começa no domingo mais próximo à festa de santo André (30 de novembro) e se estende até o dia 24 de dezembro. Há quatro domingos de Advento. A cor litúrgica própria é o roxo, porque o Advento é também é um tempo penitencial de preparação para acolher o dom de Deus na pessoa de Jesus.

(DOTRO; HELDER, 2006, verbete “Advento”, p. 15).

Percorrendo o itinerário litúrgico das Igrejas que seguem o lecionário ecumênico, no período do Advento-Natal-Epifania revive-se um evento de graça e beleza que tem renovado, ao longo dos séculos, a dimensão religiosa no coração das pessoas.  Cristãs e cristãos somos imersos num clima de escuta, de acolhida, de adoração e de encantamento.

A Leitura Orante da Bíblia (Lectio Divina) é o meio pelo qual as pessoas adentram ao mistério da Manifestação do Senhor Deus numa humilde criança, que nasce na periferia do Império Romano.

Desse modo, a Palavra divina e a experiência de Deus são continuamente retomadas e reelaboradas no coração da pessoa que crê.

A celebração litúrgica própria do Advento é o lugar da experiência do mistério de Cristo e, ao mesmo tempo, pedagogia eficaz para o aprofundamento da fé e da espiritualidade cristã (BARGELLINI; FRADE, 2011, p. 124).

Sem dúvida, viver intensamente o tempo do Advento, expectativa da vinda do Natal e da plena manifestação (epifania) do Senhor, é literalmente esperançar, verbo que significa “dar esperança”, “animar”, “estimular” (DICIONÁRIO AURÉLIO DA LÍNGUA PORTUGUESA, verbete “esperançar”, p. 852).

Paulo Freire, em sua obra Pedagogia da Esperança (1992, p. 97), proclamou:

Não sou esperançoso por pura teimosia mas por imperativo existencial e histórico.

Pensar que a esperança sozinha transforma o mundo e atuar movido por tal ingenuidade é um modo excelente de tombar na desesperança, no pessimismo, no fatalismo. Mas, prescindir da esperança na luta para melhorar o mundo, como se a luta se pudesse reduzir a atos calculados apenas, à pura cientificidade, é frívola ilusão.

O essencial, como digo mais adiante no corpo desta Pedagogia da Esperança, é que ela, enquanto necessidade ontológica (do grego ontos, ente, ser) que constitui o humano, precisa de ancorar-se na prática para tornar-se concretude histórica. É por isso que não há esperança na pura espera, que vira, assim, espera vã, consequência e razão de ser da inação ou do imobilismo (FREIRE, 1997, p. 5-6)

Fica claro nas palavras de Paulo Freire que é preciso ter esperança, o que não é uma simples espera, do verbo “esperar”. A esperança, a que ser refere o pedagogo, vem do verbo “esperançar”, estímulo à prática para tornar-se concretude histórica.

Esperançar é, portanto, estimular-se, soerguer-se, levantar-se e ir atrás do que se deseja alcançar, construir.

Esperançar é ir à luta e juntar-se com outras pessoas para fazer de outro modo, construindo um outro mundo possível que Jesus, ao iniciar sua missão, proclamou como “Reino de Deus”, em meio ao conflito, perseguição, prisão e morte dos profetas do seu contexto histórico:

Depois que João foi preso, veio Jesus para a Galileia proclamando o Evangelho de Deus: O tempo está realizado e o Reino de Deus está próximo. Convertei-vos e crede no Evangelho (Mc 1,14-15).

Advento é, na perspectiva do verbo “esperançar”, fazer a experiência atenta, vigilante e ativa da construção do Reino de Deus em pleno contexto ameaçador dos reinos deste mundo.

Advento é aprender a acolher as novidades de um Deus que se doa e se revela na história, no tempo que se chama “hoje”, por meio de uma autêntica Espiritualidade Política, animada pelo Espírito Santo de Deus para agir politicamente em meio aos conflitos da convivência comunitária.

Concluindo, partilho este poema que escrevi na manhã do Primeiro Domingo do Advento deste ano, em clima de oração:

ADVENTO
TEMPO
de fortalecer
a confiança
na Boa Nova que,
em nosso meio, já está,
mas precisa
a cada dia se renovar…

TEMPO
de reatar
os laços de ternura
com quem caminha
ao nosso lado,
e com quem está à margem,
desconsolado…

TEMPO
de revisitar Deus
que se faz criança,
reafirmando a esperança
na vocação humana:
cultivar a terra, em vez de destrui-la…

Enfim,
Chegou de novo o tempo
de se enfeitar do belo
que em nosso meio está,
reacender as luzes e festejar…
Temos, novamente,
oportunidade de recomeçar.
ESPERANCEMOS!
É TEMPO DE ESPERANÇAR…

Ofereço este artigo em memória de minha amiga, artista plástica, Irmã Adélia Oliveira de Carvalho (25/10/1937 – 16/08/2022), que fundou comigo o CEBI QUARTO SÁBADO, Grupo de Aprofundamento Bíblico, uma das atividades do CEBI – CENTRO DE ESTUDOS BÍBLICOS, em Pernambuco. Atesto o seu testemunho de esperança, no sentido bíblico da Palavra. Isso estava estampado em seu sorriso acolhedor.

blank

Sobre ela, o historiador Eduardo Hoornaert, que foi professor do ITER – Instituto de Teologia do Recife, onde tive a honra de ter sido seu aluno, publicou um belo artigo resgatando a história de vida da artista: “A arte de Adélia Carvalho. Uma homenagem de Eduardo Hoornaert” (Disponível em: https://www.ihu.unisinos.br/categorias/621393-a-arte-de-adelia-carvalho. Acesso em: 01 de nov. 2022).

João Luiz Correia Júnior
Advento, 2022.

REFERÊNCIAS

BARGELLINI, Emanuel; FRADE, Gabriel. À espera de sua vinda: uma leitura teológico-litúrgica  do  tempo  de  Advento  –  Natal  –  Epifania  e  sua  ligação  com  a  páscoa. In: Revista de Cultura teológica, v. 19, n. 74, abr/jun de 2011 (Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/

culturateo/article/view/15345/11461. Acesso em: 01 de nov. 2022).

DICIONÁRIO AURÉLIO DA LÍNGUA PORTUGUESA. Curitiba: Positivo, 2010.

DOTRO, Ricardo Pascual; HELDER, Gerardo Garcia. DICIONÁRIO DE LITURGIA. São Paulo: Loyola, 2006.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Esperança. Um reencontro com a Pedagogia do Oprimido. São Paulo: Paz e Terra, 1997.

HOORNAERT, Eduardo. A arte de Adélia Carvalho. Uma homenagem de Eduardo Hoornaert. Site IHU – Instituto Humanitas Unisinos. (Disponível em: https://www.ihu.unisinos.br/categorias/621393-a-arte-de-adelia-carvalho. Acesso em: 01 de nov. 2022).

Liga228 situs judi bola merupakan situs judi bola online dengan pasaran terlengkap.

Kunjungi situs judi bola terlengkap dan terupdate seluruh asia.

Situs sbobet resmi terpercaya. Daftar situs slot online gacor resmi terbaik. Agen situs judi bola resmi terpercaya. Situs idn poker online resmi. Agen situs idn poker online resmi terpercaya. Situs idn poker terpercaya.

situs idn poker terbesar di Indonesia.

List website idn poker terbaik.

Game situs slot online resmi

slot hoki terpercaya

slot terbaru

rtp slot gacor

agen sbobet terpercaya

slot online judi bola terpercaya slot online terpercaya judi bola prediksi parlay hari ini

Seu carrinho está vazio.

×