Partilhas

Metodologia da LPB – Os diferentes enfoques que foram sendo incorporados

Meu nome é Vânia do Amor Divino, sou mulher negra, 48 anos, eu conheci a leitura popular da Bíblia através do CEBI-ES em 2012, mas foi somente a partir de 2014 que iniciei minha participação efetiva no grupo. Nesse tempo a leitura feminista sempre esteve presente em nossos grupos de estudos, assessorias e formações. Tão importante e relevante nesses tempos marcados pela violência contra a mulher.

Para contar essa história, eu vou trazer exatamente a metodologia da LPB, fazendo um paralelo vida-palavra-vida. Trago o texto da comunidade de Mateus (Mt. 20, 1-16), uma parábola que me representa, por aqui eu sempre digo que cheguei às 5h da tarde no CEBI-ES, outras e outros chegaram muito antes de mim, afinal Já são 35 anos de Leitura Popular da Bíblia em terras capixabas.

Procurei por mulheres que me ajudassem a contar essa história e pela madrugada eu encontrei a Teresa, ela já tem uma longa caminhada no CEBI-Es, nas CEBs e uma história curiosa sobre a leitura bíblica: A Tereza nos conta que, quando era jovem a Bíblia era proibida, que seu pai não permitia o contato com a Bíblia, mas ela sempre teve muita curiosidade e com o advento das CEBs e dos círculos bíblicos, novo jeito de ser igreja, essa bíblia veio parar nas mãos dela, e foi nessa mesma época o contato com biblistas e teólogos como Frei Carlos Mesters, Frei Beto, Leonardo Boff, entre outros, mas foi o CEBI que trouxe para a Teresa uma experiência comunitária de leitura da Bíblia, que passa pela vida, pelo concreto, para depois ir para o texto, realidade-palavra-realidade essa abordagem leva a um melhor entendimento do texto. Já a Leitura feminista, nos chama a compreender e questionar porque elas (as mulheres) aparecem como aparecem nos relatos bíblicos, muitas vezes sem nomes, as nomeadas também muitas vezes não tem o destaque merecido.

Essa parábola diz que o patrão saiu novamente às 9 horas da manhã. E as 9 horas da manhã eu trago então Lucília que também tem uma bonita história de vida , de mulher, de leitura popular da Bíblia, de trabalho com a comunidade e com o povo de Deus. Lucilia nos chama atenção para uma leitura atenta dos textos bíblicos: São muitas as mulheres da Bíblia conhecidas e também muitas desconhecidas por nós,várias situações de dificuldades e de liderança, elas enfrentaram desafios constantes, pela sua condição de ser mulher, coisas e situações muito presentes ainda neste segundo Milênio. Essas mulheres muito nos ensinaram e ensinam por sua garra coragem colaborando na história da salvação e que diante de suas realidades podemos confrontar as suas vidas com as nossas vidas, vimos a força das mulheres e que na continuação dos tempos a luta pela libertação e pela vida e dignidade são as mesmas.

Muitas mulheres de hoje e de ontem não se acomodaram, somos fortes e seguimos juntas nas lutas pela vida fortalecidas pela fé em Javé, o Deus Libertador como Discípulas seguidoras de Jesus, essa leitura e reflexões nos ajudam a entender o valor das mulheres, sua dignidade enquanto pessoas humanas e capazes.

Ao meio-dia então encontramos com Ivonete que recebeu seu chamado de Várias formas, mulher, educadora, feminista, ela então nos faz um paralelo entre a LPB e a pedagogia de Paulo Freire. Na LPB trabalhamos primeiro a vida, inserida na realidade, vida essa iluminada pela Palavra de Deus, que só tem sentido quando encarnada na vida. Vida essa que é preciso ser levada em conta. Assim sendo, fé e vida andam juntas. A fé e a política são irmãs gêmeas. Como praticou Jesus e as primeiras comunidades. Paulo Freire, que afirmou que toda pessoa tem direito a dizer a sua palavra e essa palavra precisa ser ouvida, respeitada e levada em conta. Nesse sentido, a palavra da bíblia primeiro foi vivida e muito depois escrita.

Então, às três da tarde, eu trago a experiência com as mulheres Unidas da Serra (AMUS) o grupo de mulheres que fazem Leitura popular da Bíblia há 12 anos assessoradas pelo CEBI-ES, mais ou menos o mesmo tempo que eu também estou nessa caminhada, Tenho participado nessa assessoria Já a alguns anos e, é sempre muito gratificante estar com essas mulheres, que nos agregam tanto com suas vidas e suas histórias. A cada encontro a gente se renova, se fortalece, se ampara e se cuida. Estão todas trabalhando nessa vinha, dedicando seu tempo e colocando seus dons a serviço. Especialmente esses anos em que estamos retomando os encontros após 2 anos de pandemia.

A nossa vinha agora foi impactada por uma pandemia e tivemos que nos recolher, nos reinventar, fomos para o virtual, fomos parar nas mídias sociais e nas plataformas de áudio. Encontros, formações, cursos, reuniões, tudo virtual. Agora nos encontramos nas janelinhas como costumamos dizer por aqui, estamos voltando aos poucos a nos reunir presencialmente, mas descobrimos que o mundo virtual também nos reúne e se o povo agora se reúne virtualmente, a leitura popular também pode e deve utilizar dessas novas mídias para chegar mais longe, e como tem chegado longe.

De maneira especial todas as semanas fazemos essa leitura feminista através das plataformas de áudio, nosso podcast “elas estão chegando” as mulheres nomeadas nos textos bíblicos nos ajudam nessa leitura, já passamos pelo primeiro testamento e agora estamos no segundo testamento. Nós trazemos as mulheres nomeadas, damos voz a cada uma delas, usando a nossa própria voz, contamos as suas histórias fazendo um paralelo com as nossas próprias histórias, olhamos para suas vidas e iluminamos as nossas, lutas, dores, sofrimentos e vitórias nos ajudam e compreender o caminho percorrido até aqui, cortado pelo machismo e pelo patriarcado, reforçamos sua importância naquelas passagens e a nossa importância no mundo de hoje.

A leitura feminista procura resgatar o papel da mulher na história da salvação, tão negligenciado pelo cristianismo, que procurou silenciar e anular o papel da mulher de discípula missionária, que reduziu até a divindade ao masculino. Que a Ruah Divina sopre sobre nós, nos fortaleça, nos guarde, nos guie, ilumine nosso caminhar.

Então até 5h da tarde estive por aí trabalhando em outras vinhas, agora estou por aqui, eu e tantas outras, outras que estão chegando, O Senhor é Generoso e Justo, apesar de ter chegado às 5 horas da tarde, eu recebo a cada dia o mesmo que todas as outras. Recebi a missão de escrever esse texto com uma valiosa moeda de prata, só peço que o sopro da Ruah Divina alcance cada uma e cada um por onde chegarem essas palavras.

Vania do Amor Divino
CEBI-ES

situs judi bola AgenCuan merupakan slot luar negeri yang sudah memiliki beberapa member aktif yang selalu bermain slot online 24 jam, hanya daftar slot gacor bisa dapatkan semua jenis taruhan online uang asli. idn poker slot pro thailand

Seu carrinho está vazio.

mersin eskort