Bem vindo(a) ao CEBI ! (51) 3568-2560

Sínodo 2023: Papa pede Igreja diferente, mais aberta e dialogante

Sínodo 2023: Papa pede Igreja diferente, mais aberta e dialogante
9 de outubro de 2021 Comunicação

Francisco apresentou três ‘palavras-chave’ para o Sínodo 2021-2023: ‘comunhão, participação, missão’

 

O Papa inaugurou hoje (9) no Vaticano a sessão de abertura do processo sinodal 2021-2023, pedindo uma Igreja “diferente”, que supere “visões verticalizadas, distorcidas e parciais”, com mais abertura e diálogo.

“Quando falamos duma Igreja sinodal, não podemos contentar-nos com a forma, mas temos necessidade também de substância, instrumentos e estruturas que favoreçam o diálogo e a interação no Povo de Deus, sobretudo entre sacerdotes e leigos”, disse, perante centenas de participantes reunidos na Sala do Sínodo.

Francisco defendeu a mudança estrutural para uma Igreja “sinodal”, como “um lugar aberto, onde todos se sintam em casa e possam participar”.

“O Sínodo oferece-nos a oportunidade de nos tornarmos uma Igreja da escuta: uma Igreja da proximidade, que estabeleça, não só por palavras mas com a presença, maiores laços de amizade com a sociedade e o mundo”, indicou.

O discurso destacou a diversidade de proveniência dos participantes, vindos de vários países, incluindo Portugal, e convidou a um “discernimento” sobre o tempo atual, que torne a Igreja solidária com os “cansaços e anseios da humanidade”.

Francisco apresentou três “palavras-chave” para o Sínodo 2021-2023: “comunhão, participação, missão”.

“Comunhão e missão correm o risco de permanecerem termos algo abstratos, se não se cultivar uma práxis eclesial que exprima a sinodalidade no concreto de cada etapa do caminho e da atividade, promovendo o efetivo envolvimento de todos e cada um”, apontou.

Para o Papa, está em causa a necessidade de promover um modo de agir “caraterizado por verdadeira participação” de todos os batizados.

“Todos somos chamados a participar na vida da Igreja e na sua missão. Se falta uma participação real de todo o Povo de Deus, os discursos sobre a comunhão arriscam-se a não passar de pias intenções”, precisou.

“Sente-se ainda uma certa dificuldade e somos obrigados a registar o mal-estar e a tribulação de muitos agentes pastorais, dos organismos de participação das dioceses e paróquias, das mulheres que muitas vezes ainda são deixadas à margem. Participarem todos: é um compromisso eclesial irrenunciável”.

O Papa falou do Sínodo como uma “grande oportunidade para a conversão pastoral em chave missionária e também ecuménica”, mas admitiu que também existem “riscos”, pedindo que este não seja um acontecimento de “fachada” ou uma espécie de “grupo de estudo”.

“Reforço que o Sínodo não é um Parlamento, um inquérito de opinião, o Sínodo é um momento eclesial, o protagonista do Sínodo é o Espírito Santo”, declarou.

A intervenção apelou ainda à superação do “imobilismo”, que levaria a aceitar “soluções velhas para problemas novos”.

“É importante que o caminho sinodal seja verdadeiramente tal, que seja um processo em desenvolvimento; envolva, em diferentes fases e a partir da base, as Igrejas locais, num trabalho apaixonado e encarnado, que imprima um estilo de comunhão e participação orientado para a missão”, apontou.

A intervenção concluiu-se com uma oração ao Espírito Santo, por uma “Igreja diferente”, aberta à “novidade que Deus lhe quer sugerir”.Vinde, Espírito Santo! Vós que suscitais línguas novas e colocais nos lábios palavras de vida, livrai-nos de nos tornarmos uma Igreja de museu, bela mas muda, com tanto passado e pouco futuro. Vinde estar connosco, para que na experiência sinodal não nos deixemos dominar pelo desencanto, não debilitemos a profecia, não acabemos por reduzir tudo a discussões estéreis. Vinde, Espírito de amor, e abri os nossos corações para a escuta. Vinde, Espírito de santidade, e renovai o santo Povo de Deus. Vinde, Espírito Criador, e renovai a face da terra.

A assembleia convocada pelo Papa Francisco tem como tema Por uma Igreja sinodal: comunhão, participação e missão. A 16ª assembleia geral do Sínodo dos Bispos vai decorrer até outubro de 2023, precedido por um processo inédito de consulta, e de forma descentralizada, pela primeira vez, com assembleias diocesanas e continentais.

A abertura do Sínodo 2021-2023 acontece no Vaticano, sob a presidência do Papa, entre hoje e amanhã, e em cada diocese católica, a 17 de outubro, sob a presidência do respetivo bispo.

Agência Ecclesia

 

Foto, legenda e crédito : A abertura do Sínodo 2021-2023 acontece no Vaticano, sob a presidência do Papa, entre hoje e amanhã (Vatican Media) 

Liga228 situs judi bola merupakan situs judi bola online dengan pasaran terlengkap.

Kunjungi situs judi bola terlengkap dan terupdate seluruh asia.

Situs sbobet resmi terpercaya. Daftar situs slot online gacor resmi terbaik. Agen situs judi bola resmi terpercaya. Situs idn poker online resmi. Agen situs idn poker online resmi terpercaya. Situs idn poker terpercaya.

situs idn poker terbesar di Indonesia.

List website idn poker terbaik.

Game situs slot online resmi