Bem-vindo ao CEBI! (51) 3568-2560 | [email protected]

Paraíba e Pernambuco: Acampamento das Juventudes e Espiritualidades

Paraíba e Pernambuco: Acampamento das Juventudes e Espiritualidades
4 de março de 2019 Centro de Estudos Bíblicos

com informações via AJURCC*

Aconteceu nos dias 22, 23 e 24 de fevereiro o Acampamento das Juventudes, Espiritualidades e Resistência no Santuário Santa Fé em Arara/Paraíba. O evento foi uma iniciativa do Centro de Estudos Bíblicos (CEBI) em parceria com a Associação de Juventudes Cultura – AJURCC, Pastoral da Juventude do Meio Popular – PJMP e a Pastoral as Juventude Rural – PJR em conjunto com várias outras organizações juvenis.

O encontro teve como objetivo contribuir com o debate entre as juventudes do Estado da Paraíba e de Pernambuco. Tratando sobre a realidade na qual os jovens estão inseridos, e buscando compreender os debate sobre as perspectivas dos e das jovens organizados/as, dialogamos sobre bandeiras comuns de luta e resistência.

O foco foi o envolvimento e o fortalecimento dos movimentos juvenis presentes no evento, na perspectiva de que mais jovens possam construir em conjunto estratégias coletivas para seguir a caminhada na luta. Pela garantia de direitos a partir dos espaços onde estes e estas estão inseridos/as em suas comunidades ou estados!

A atividade contou com a participação de cerca de 60 jovens de diversas organizações e movimentos sociais (Indígenas, LGBTs, de religião de matriz africana, pastorais, estudantil de luta pela terra). As idades variaram entre 16 e 34 anos, pessoas do campo e da cidade.

Com uma programação variada, o acampamento teve início na sexta feira, dia 22, com uma apresentação dos participantes, seguido por uma mística de fortalecimento da espiritualidade. Já no sábado, houve uma análise de conjuntura com olhar para as realidade das juventudes negra e empobrecidas do Brasil. E a tarde, foram realizadas as seguintes oficinas temáticas:

  • A) Corpos e movimentos;
  • B) Teatro do Oprimido;
  • C) Espiritualidade e resistência no meio juvenil e
  • D) Gênero e Instituições religiosas;

No domingo a atividade seguiu com um momento para pensar as sustentabilidades das juventude, com foco nas questões de trabalho e renda, buscando perspectivas individuais e coletivas de se auto sustentar.

Para João Munis de Lagoa Seca, “o evento é muito importante para a formação da juventude, para que a gente possa tirar da aqui encaminhamentos coletivos que possam fortalecer nossa caminhada, e quem sabe, a gente poder ajudar a transformar essa sociedade que está toda bagunçada”.

Já para Railan Domingos, do município do Conde, jovem da Comissão Pastoral da Terra (CPT): “o evento foi maravilhoso e cheio de diversidades“, “é ótimo conhecer pessoas novas, crenças novas, é uma oportunidade dos jovens interagirem mais, entenderem mais sobre a nossa história, acho muito importante essa iniciativa”, avaliou o jovem do litoral Sul da Paraíba.

O evento foi finalizado no domingo, dia 24, onde as juventudes foram instigados/as a construírem ações coletivas a serem realizadas durante o ano de 2019.

via AJURCC

Com informações e imagens da Associação de Juventudes, Cultura e Cidadania (disponível aqui).