Bem vindo(a) ao CEBI ! (51) 3568-2560

O que daria para fazer se os maiores devedores de impostos pagassem o governo

O que daria para fazer se os maiores devedores de impostos pagassem o governo
27 de junho de 2016 Centro de Estudos Bíblicos
O que daria para fazer se os maiores devedores de impostos pagassem o governo
O Brasil tem cerca de 200 milhões de habitantes e 1,2 milhão de empresas, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Dentro desse universo, a AGU (Advocacia Geral da União) organizou os que mais devem dinheiro ao governo federal. O valor devido pelos 135 primeiros da lista quase daria para pagar os prejuízos históricos que o o governo teve em 2015 e projeta para 2016.

R$ 272 bilhões – é o valor que o governo federal tem a receber dos 135 maiores devedores da União

O valor devido por esses 135 corresponde a 20% de tudo que a União tem a receber em débitos fiscais. O levantamento só leva em conta os tributos devidos aos cofres do governo federal. Ele não inclui Estados e municípios.

Entre os maiores devedores estão empresas da indústria de transformação (27,5%), que transforma matéria prima em produto final ou intermediário, e empresas de reparação e venda de veículos (23,6%). No recorte geográfico, 41% das dívidas são de empresas ou pessoas de São Paulo. O Rio de Janeiro tem 17% das dívidas e Minas Gerais, 5,8%.

No montante não estão incluídos débitos já parcelados ou que estejam suspensos por decisão judicial. Os nomes dos devedores não foram divulgados pela Advocacia Geral da União, assim como a parcela de pessoas físicas na lista. Mas é possível consultar empresa por empresa no site da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional.
O que daria para fazer com R$ 272 bilhões

Dez anos de Bolsa Família

Em 2015, o gasto do governo federal com o Bolsa Família foi de R$ 26,9 bilhões. Nesse ritmo, o dinheiro dos maiores devedores bancaria dez anos do programa.

Mais de um ano de Saúde e Educação

Os Ministérios da Saúde e da Educação têm dois dos maiores orçamentos da Esplanada (o maior é Previdência). Mesmo assim, os R$ 272 bilhões são suficientes para bancar todos os gastos das duas pastas por um ano e três meses.

Equivale a oito anos de CPMF

Com a CPMF, o governo de Dilma Rousseff pretendia arrecadar R$ 33 bilhões anualmente. As dívidas das empresas e pessoas listadas somam oito anos de arrecadação do imposto do cheque.

 
*Por José Roberto Castro, em 27/06/2016