Bem vindo(a) ao CEBI ! (51) 3568-2560

Dez pontos que você precisa saber sobre a terceirização nas escolas

Dez pontos que você precisa saber sobre a terceirização nas escolas
5 de abril de 2017 Centro de Estudos Bíblicos
blank

 

  1. A terceirização nas escolas é a contratação de serviços docentes e técnico-administrativos de empresa mediante um contrato de prestação de serviços. O terceirizado tem relação direta com a empresa prestadora de serviços e não diretamente com o contratante dos serviços;

2. A terceirização no âmbito escolar parte de dois pressupostos: i. “toda dimensão da realidade social é equivalente a qualquer outra”, ii. “tudo é igualmente administrável de direito e de fato”[1]. Isto quer dizer que administrar uma fábrica e uma escola não tem muita diferença. As regras de administração são as mesmas para um supermercado, hospital, escola ou universidade;

3. Para que os pressupostos tenham validade é preciso uma mudança de concepção sobres o que sejam escolas. A mudança exige que elas deixem de ser tratadas como instituições sociais para serem tratadas como organizações sociais. Isto é que deixem de ter como referência a sociedade como princípio normativo e valorativo. A organização é autorreferenciada, isto é, tem apenas a si mesmo como referência em um processo de competição com outras escolas;

 

4. Os docentes, na escola como organização social, têm a competência técnica de transmitir conhecimentos com rapidez e eficiência com o apoio de manuais de fácil leitura. A docência passa a ser despida de qualquer preocupação com a formação. Não por acaso está em tramitação em diversos legislativos brasileiros o projeto de lei que institui a Escola Sem Partido, isto é, o princípio de neutralidade política, ideológica e religiosa do Estado, docentes e demais funcionários das escolas públicas;

 

5. A escola como organização social torna-se então um lugar de instrução para as demandas imediatas produzidas pelo mercado. Reduzindo-se a docência à técnica de transmissão de conhecimentos e instruções, não há mais lugar para o velho professor típico da instituição social: qualquer um que tenha as competências de ensinar e instruir a partir de determinados conteúdos pode ser “professor”, nem precisa ter a formação específica exigida pela instituição social escolar, basta que tenha notório saber;

 

6. Nas organizações sociais escolares as aptidões técnicas de ensinar e instruir são equivalentes, daí ser possível contratar precariamente qualquer docente disponibilizado por empresas prestadoras de serviços. Um docente qualquer com boa competência didática e de interpretação de textos, desde que atento aos conteúdos dos manuais, pode facilmente substituir emergencialmente a qualquer docente de áreas afins à sua formação básica;

 

7. Como disse noutra oportunidade “”, é a definitiva substituição da instituição social pela organização social escolar;

 

8. Os ideólogos das organizações escolares exigem que sejam erigidas como “espaços de autonomia pedagógica, curricular, profissional [e administrativo, acrescentado por mim] como organizações funcionando numa tensão dinâmica entre a produção e a reprodução, entre a liberdade e a responsabilidade” (Nóvoa, 1995);

 

9. As organizações escolares, ainda segundo alguns dos seus ideólogos – A. Nóvoa, R. J. Bosker, L. Brunet, R. Canário, R. Glatter, T. Good, H. Hutcmaker, J. Scheerens, R. Weinstein – têm de adquirir uma grande mobilidade e flexibilidade, incompatível com a inércia burocrática e administrativa característica das escolas como instituições sociais. Por mobilidade e flexibilidade entendem tanto as possibilidades de trocas rápidas de pessoal quanto de disciplinas e conteúdos escolares, da mesma maneira que numa montadora de automóveis,

 

10. Diferentemente das instituições escolares, as organizações escolares, têm gestores e não diretores; colaboradores e não docentes. As organizações escolares estão referenciadas apenas, e imediatamente, a competências cognitivas e técnicas, com grande demonstração de desprezo por outras competências, tais como as emancipatórias, sociais e emocionais, humanísticas e artísticas.

Fonte: Texto de Zacarias Gama, Professor Associado da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Publicado em justificando.cartacapital.com.br, 04/04/2017.

Liga228 situs judi bola merupakan situs judi bola online dengan pasaran terlengkap.

Kunjungi situs judi bola terlengkap dan terupdate seluruh asia.

Situs sbobet resmi terpercaya. Daftar situs slot online gacor resmi terbaik. Agen situs judi bola resmi terpercaya. Situs idn poker online resmi. Agen situs idn poker online resmi terpercaya. Situs idn poker terpercaya.

situs idn poker terbesar di Indonesia.

List website idn poker terbaik.

Game situs slot online resmi

slot hoki terpercaya

slot terbaru

rtp slot gacor

agen sbobet terpercaya