Bem vindo(a) ao CEBI ! (51) 3568-2560

CEBI-GO Grupo de crianças e adolescentes conclui o Curso de Educação Popular

CEBI-GO Grupo de crianças e adolescentes conclui o Curso de Educação Popular
6 de junho de 2016 Centro de Estudos Bíblicos
CEBI-GO Grupo de crianças e adolescentes conclui o Curso de Educação Popular
“Nasceu uma luz que ainda não existia. Eu achava que o que eu sabia, já era suficiente. E agora eu tenho sede de aprender cada dia mais”.  Esta afirmação proferida pela Maria Isaías tem o intuito de introduzir a seguinte  partilha: nos dias 04 e 05 de junho de 2016 (Dia Mundial do Meio Ambiente) aconteceu em Itaberaí/GO, o encerramento do Curso de Educação Popular e Metodologia de Trabalho com Crianças e Adolescentes, aqui pelas bandas de Goiás. Essa modalidade formativa ocorreu em 4 (quatro) etapas e foi organizada pelo MAC (Movimento de Adolescentes e Crianças), em parceria com o CEBI (Centro de Estudos Bíblicos) e a Paróquia Nossa Senhora d’Abadia, do município de Itaberaí.
Este último encontro, além da agradável festa de encerramento,  ocupou-se em mediar diálogos relacionados ao lúdico revolucionário e o agir para transformação da realidade local, em conexão com as lutas globais. Significativo destacar que no decorrer deste Curso refletiu-se sobre várias temáticas, entre elas o que é estrutura e conjuntura, método e metodologia, educação formal e educação popular e etc.
A seguinte pergunta foi feita a todas as pessoas que participaram desse processo de formação:  “o que mudou nas suas concepções e práticas, a partir do Curso de Educação Popular e Metodologia de Trabalho com Crianças e Adolescentes? Seguem algumas respostas:
“Nossa… Tem tanta coisa na minha cabeça… Espero colocar tudo em prática: músicas, brincadeiras… Tudo diferente do que eu já sabia. A maneira de tratar as pessoas, as crianças/adolescentes… Esse curso mudou o meu carisma. Antes eu tinha um, agora tenho outro. Nasceu uma luz que ainda não existia. Eu achava que o que eu sabia, já era suficiente. E agora eu tenho sede de aprender cada dia mais. E essa sede de aprender é para multiplicar na escola, na comunidade, no ônibus. Agora eu posso ensinar aquilo que eu imaginava que nunca poderia ensinar. Eu me sinto cada dia mais jovem e mais disposta. Hoje eu vejo as pessoas e as crianças de uma forma diferente. E eu sinto que elas me veem de uma forma diferente também. Não quero mais parar de aprender e ensinar, ensinar e aprender. Quero sempre praticar o conhecimento para não esquecer” (Maria Isaías, Goiânia).  
“Eu acredito que esse Curso de Educação Popular ajudou muito os participantes a enxergarem melhor a realidade, o jeito crítico de entender o mundo, e principalmente abriu os nossos olhos para  outra realidade possível. Então foi muito bom, porque precisamos de pessoas para trabalhar com crianças e adolescentes, a partir desta metodologia vivenciada aqui” (Renata, Itaguaru).
 “O Curso me proporcionou um olhar mais crítico no que diz respeito às crianças da sociedade hoje. Consigo acolher as crianças como protagonistas de suas histórias. Me proporcionou também maior conhecimento no que diz respeito à metodologia da Educação Popular.  E eu vou continuar trabalhando com as crianças nesta ótica e forma de atuar. O Curso, além de ser muito bom é também acessível e leva da teoria para atitudes práticas” (Lucélia, Goiânia).
“Mudou a minha concepção sobre crianças e adolescentes e como me posicionar perante as injustiças em nossa sociedade” (Mônica, Ceilândia/DF).
A quantidade de participantes variou entre 18 a 34 pessoas no decorrer das etapas, as quais aconteceram em Itaberaí. Especificamente falando, na Chácara Bom Pastor. O último módulo contou com a participação de 18 pessoas. Desse total, 11 mulheres e 7 homens. Quatro (4) pessoas eram jovens e 4 (quatro) crianças/adolescentes.
 Goiânia, 05 de junho de 2016.