Bem vindo(a) ao CEBI ! (51) 3568-2560

CEBI-ES: Construindo uma sociedade do Bem Viver

CEBI-ES: Construindo uma sociedade do Bem Viver
30 de outubro de 2017 Centro de Estudos Bíblicos

“Onde pisa os pés a cabeça pensa
E o coração ama
Ama o coração, pensa a cabeça
E os nossos pés pisam neste chão.”

Motivadas e motivadas pela proposta “O Projeto do Reino e as Comunidades: construindo uma sociedade do Bem Viver”, o CEBI-ES se reuniu nos dias 28 e 29 de outubro. Com a mediação do assessor Rafael Rodrigues da Silva, o encontro se deu na sala do CEBI-ES/Paulus.

Celebração

Em torno de uma mandala, formada por várias sementes e alguns frutos, nos movimentamos, embaladas/os por uma canção Guarani que nos convidava para a “Terra sem males”. E iniciamos fazendo a leitura da vida e da bíblia.

No resgate da memória lembramos do projeto imperial romano e suas consequências na vida das comunidades daquele tempo, como a expropriação de suas terras e a implementação do modelo tributário. Também identificamos, no contexto da Galileia, os grupos populares e suas lutas por libertação. Tomamos como base a leitura de Richard Horsley sobre a obra de Flavio Josefo: Bandidos, Profetas e Messias – o Movimento Popular no tempo de Jesus.

Com alguns textos das comunidades de Mateus, Marcos e Lucas/At, fomos identificando o Projeto do Reino na atuação de Jesus e das Comunidades que apontam para a sociedade do Bem Viver: “Busquem em primeiro lugar o Reino de Deus e sua justiça…”.

As mulheres na bíblia

O destaque para a presença ativa das mulheres, rememorada pela comunidade de Lucas, nos desafiou a repensar interpretações já cristalizadas de alguns textos. As mulheres Safira, Tabita, Rode e Lídia despontaram como mediadoras de uma prática alternativa junto com a comunidade. A construção do Reino levou muitas comunidades a ousar na busca de estratégias de rompimento com os esquemas do Império, a sonhar com o Novo Céu e com a Nova Terra, Deus para sempre vivendo conosco e nós vivendo com Deus (Ap 21-22).

Foi bonito de ver e experimentar a celebração que concretizou o ensaio da sociedade do Bem Viver: a partilha, a produção coletiva, o processo de elaboração, a comensalidade… Os diferentes grupos, com ingredientes partilhados por todos, conseguiram preparar a “receita” para a vivência do Reino. O pano de fundo foi o resgate da memória sobre as comunidades e o Projeto de Jesus:

“o Reino dos Céus é como o fermento que uma mulher pegou e misturou em três medidas de farinha, até tudo ficar fermentado” (Mt 13,33).

Confira o relato de alguns participantes do encontro:

“Trouxe ânimo, alegria… É possível construir juntos!”

“Muito importante desmistificar certos textos e enxergar os empobrecidos e as diversas formas de se organizar, de validar a participação dos excluídos, clarear o projeto do Reino, buscando a sociedade do Bem viver.”

“Significou uma oportunidade de rever/revisitar alguns textos, com novo olhar… aprendi muitas coisas novas, ampliei o olhar sobre a radicalidade do Reino e a necessidade de inserção na luta dos/as que resistem ao império.”

“Que a sociedade do Bem Viver só acontecerá com a nossa participação, partilha e acolhida do outro, da outra… Motivou a continuar a caminhada com um olhar na Bíblia e na realidade… Não ter medo.”

“Possibilitou o entendimento de co-responsabilidade na construção, sendo parte efetiva do processo.”

Nós, do CEBI-ES e da Paulus, agradecemos a Rafael Rodrigues da Silva pela assessoria nesse encontro e ao grupo que respondeu ao convite e aceitou vivenciar conosco esse desafio: O Projeto do Reino e as Comunidades – construindo uma sociedade do Bem Viver.]

Fonte: Enviado por Fátima Castelan, CEBI-ES, 30/10/2017.