Bem vindo(a) ao CEBI ! (51) 3568-2560

Campanha da Fraternidade Ecumênica Reflexão bíblica sobre o Lema da CFE

Campanha da Fraternidade Ecumênica Reflexão bíblica sobre o Lema da CFE
17 de janeiro de 2021 Comunicação
blank

Por Francisco Orofino*

 

blank

 

Para congregar as igrejas cristãs no Ano Jubilar de 2000, pela primeira vez foi feita a proposta de uma Campanha da Fraternidade Ecumênica (CFE). O tema foi “Dignidade Humana e paz – Novo milênio sem exclusão”. A CFE foi uma realização em parceria entre a CNBB e o Conselho Nacional de Igrejas Cristãs (CONIC). Esta experiência se repetiu em 2005 (Solidariedade e paz – Felizes os que promovem a paz); 2010 (Economia e Vida – Vocês não podem servir a Deus e ao dinheiro) e em 2016 (Casa Comum, nossa responsabilidade – Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca). Neste ano de 2021 teremos então a 5ª Campanha da Fraternidade Ecumênica.

A Comissão do CONIC escolheu como Tema da CFE 2021 “Fraternidade e Diálogo: compromisso de amor”. O Lema, tirado da Carta aos Efésios, é “Cristo é a nossa paz: do que era dividido fez uma unidade” (Ef 2,14a). O Objetivo Geral da CFE 2021 é convidar as comunidades de fé e as pessoas de boa vontade para pensar, avaliar e identificar caminhos para a superação das polarizações e das violências que marcam o mundo atual, através do diálogo amoroso testemunhando a unidade na diversidade.

Lema da 5ª CFE é tirado da Carta aos Efésios: “Cristo é a nossa paz: do que era dividido fez uma unidade” (Ef 2,14a). Para uma melhor compreensão da mensagem deste Lema, precisamos ler todo o trecho onde ele se insere (Ef 2,14-15):

Pois ele é a nossa paz.

De ambos os povos fez um só.

Derrubou o muro de separação.

A inimizade, ele a suprimiu na sua carne,

A lei dos mandamentos expressa em preceitos.

A partir dos dois criou em si mesmo um só homem novo.

Fundou a paz.

Temos nesta passagem um pequeno hino dirigido ao Cristo Salvador. A ação salvadora de Jesus é que nos traz a verdadeira paz. O sacrifício na cruz derrubou tudo aquilo que separava os “dois povos”, criando uma unidade que agora convive em paz.

A Carta aos Efésios é uma carta circular dirigida aos cristãos da Ásia Menor (atual Turquia), cujo centro era a cidade de Éfeso. É o mesmo ambiente que gerou o evangelho de Lucas e o livro dos Atos dos Apóstolos. Esta carta circular, num estilo de homilia, é considerada hoje como o primeiro grande tratado cristão sobre a Igreja. Ela é uma grande síntese de toda a mensagem paulina, feita depois da morte do grande apóstolo Paulo. O enfoque da Carta aos Efésios aponta para o surgimento de uma reflexão eclesiológica que busca unificar e solidificar a Igreja, capacitando-a a enfrentar os desafios colocados pelas repressivas políticas imperiais. Nesta proposta eclesiológica, o enfoque maior da mensagem está no reforço das casas e das famílias. Além de ser o espaço maior de identidade de uma pessoa naquela época, a casa da família era também a “Igreja” doméstica, a comunidade, onde os fiéis comungavam a vida e a fé. No entanto, percebemos aqui um passo adiante. Todas estas pequenas igrejas devem se perceber pertencendo a uma entidade que as congrega numa unidade: a Igreja. Mais tarde, nas cartas de Inácio de Antioquia, esta Igreja será definida como “universal” ou “católica”. A Igreja Católica, tal como afirmamos na oração do Credo, é a congregação de todas as pequenas igrejas existentes dentro do mundo conhecido, chamado de “Oikumene” (Mt 24,14; Lc 2,1; Ap 3,10).

Na primeira parte da Carta (Ef 1,1 até 3,21) o tema central é fundamentar esta grande Igreja, cuja cabeça é Cristo. Deus elegeu a Igreja como sucessora da Comunidade judaica. Assim como Israel surgiu no processo de libertação do Êxodo, um povo que se formou através da libertação da escravidão e da travessia do deserto, assim a Igreja surgiu no processo de êxodo de Jesus Cristo. A antiga qahal judaica é agora a ekklesia de Cristo. As pessoas que acolhem esta proposta de Deus em Jesus Cristo, entram na Igreja através do batismo (Ef 2). O batismo arrebata as pessoas do poder das trevas e as coloca em união com o Cristo (Ef 2,1-10). Nasce assim o novo povo santo de Deus. Da opção batismal nascem novas criaturas, em uma nova realidade de salvação. Neste novo gênero humano, todas as divisões devem ser superadas. Só então haverá a paz (shalôm) que vem de Deus. O apóstolo Paulo se revela o grande instrumento de Deus na construção desta Igreja que é chamada a reunir, nela mesma, todos os povos, línguas e nações (Ef 3).

Mas para que isso aconteça, a Igreja deve enfrentar e vencer um enorme desafio pastoral: como construir esta unidade superando as divisões existentes entre cristãos vindos do judaísmo com os cristãos vindos do paganismo? São dois povos tão diferentes! Para que haja a paz e a unidade fundadas na mensagem de Jesus Cristo, os “muros de separação” (Ef 2,14b) devem ser derrubados. Para vivermos a proposta do lema da CFE deste ano, precisamos derrubar estes “muros de separação” que impedem a convivência entre as várias propostas cristãs.

Esta meditação da Carta aos Efésios traz um grande desafio para o momento que vivemos hoje. Em nossas condições atuais, vemos uma grande divisão entre as várias igrejas de Cristo, separadas e em grande rivalidade, num processo de mútua exclusão, onde cada uma delas, definindo-se a partir de si próprias, apresentam-se como a “única e verdadeira Igreja de Cristo”. Assim a proposta de uma Campanha da Fraternidade Ecumênica, animada pela passagem da Carta aos Efésios, talvez permita que apareçam cristãos, homens e mulheres, que defendam dar o nome de “Igreja” não às várias denominações que fragmentam o Evangelho de Cristo, mas ao conjunto de todas as pessoas, espalhadas pelo mundo todo que, fiéis ao batismo, passem a invocar o Cristo superando todas as barreiras institucionais e canônicas. Pode ser que assim se cumpra a Palavra de Jesus: haverá um só rebanho e um só Pastor (Jo 10,16).

 

*é biblista e educador popular. Assessora grupos populares e comunidades de base nos municípios da Baixada Fluminense. É autor de vários livros e leciona em Institutos de Teologia voltados para a formação de leigos. Fez doutorado em Teologia Bíblica na PUC-Rio (2000). É professor de Teologia Bíblica no Instituto Paulo VI, na diocese de Nova Iguaçu-RJ.

Liga228 situs judi bola merupakan situs judi bola online dengan pasaran terlengkap.

Kunjungi situs judi bola terlengkap dan terupdate seluruh asia.

Situs sbobet resmi terpercaya. Daftar situs slot online gacor resmi terbaik. Agen situs judi bola resmi terpercaya. Situs idn poker online resmi. Agen situs idn poker online resmi terpercaya. Situs idn poker terpercaya.

situs idn poker terbesar di Indonesia.

List website idn poker terbaik.

Game situs slot online resmi

slot hoki terpercaya

slot terbaru

rtp slot gacor

agen sbobet terpercaya