Artigos e Reflexões

A face evangélica do bolsonarismo é calvinista

Por Zózimo Trabuco *

Quando se fala do conservadorismo evangélico, do voto evangélico na direita ou mesmo da atuação nefasta da bancada evangélica, os comentários quase sempre são direcionados aos pentecostais e neopentecostais.

Embora esse segmento tenha desenvolvido uma prática política fundamentalmente conservadora nos costumes, a maioria dos fiéis pentecostais e neopentecostais, pessoas majoritariamente pobres e negras, não é defensora de políticas de governo anti-populares, mesmo que a bancada evangélica o seja.

O segmento evangélico mais identificado com políticas de austeridade ou anti trabalhistas está concentrado nas chamadas igrejas “históricas” ou “tradicionais”, majoritariamente brancas e de classe média.

Pentecostais e neopentecostais podem constituir uma base de apoio importante para o bolsonarismo, mas o núcleo ideológico de defesa do projeto cristofascista se encontra no neocalvinismo à brasileira, em especial presbiterianos e batistas. E nem isso é uma novidade.

A Igreja Presbiteriana do Brasil (IPB) e a Convenção Batista Brasileira (CBB) apoiaram o golpe e a ditadura. A Mackenzie abrigava o Comando de Caça aos Comunistas (CCC). O redator do AI-2 era presbiteriano e um interventor em Pernambuco também era da igreja, a mais comprometida com a ditadura entre todas as denominações evangélicas do Brasil.

João Dias de Araújo narrou as perseguições da IPB aos seus fiéis progressistas, o expurgo de pastores e seminaristas, a delação de membros à repressão, as restrições no ensino teológico, o fechamento de entidades de jovens e outras práticas inquisitoriais.

O ministro da educação é o terceiro presbiteriano no governo. A IPB de Curitiba emprestou o templo para uma campanha de assinaturas para a criação do partido de Bolsonaro, com direito a ônibus com a imagem do presidente no estacionamento do templo.

Intelectuais e Youtubers presbiterianos e batistas propagam uma “cosmovisão cristã” alinhada às redes fundamentalistas internacionais e que recalca um supremacismo branco enraizado na identidade neocalvinista. A face do neocalvinismo é a mesma do bolsonarismo: masculina, branca, rica e terrivelmente evangélica.

*Professor de História da UFOB

situs judi bola AgenCuan merupakan slot luar negeri yang sudah memiliki beberapa member aktif yang selalu bermain slot online 24 jam, hanya daftar slot gacor bisa dapatkan semua jenis taruhan online uang asli. idn poker slot pro thailand

Seu carrinho está vazio.

mersin eskort