Reflexão do Evangelho

Reflexão do Evangelho: Festa de Santa Maria Madalena

Leia a reflexão sobre Maria Madalena, texto de Ildo Bohn Gass.

Boa leitura!

Neste dia 22 de julho, comemora-se a festa de Santa Maria Madalena. Convém lembrar que, nas Igrejas Ortodoxas, Madalena ostenta o título de “Apóstola dos Apóstolos”, uma vez que é a Apóstola (a Enviada) da ressurreição: “Eu vi o Senhor!” (cf. Jo 20,17-18). Esse título foi dado a Madalena por Santo Tomás de Aquino (1225-1274), por ser ela a primeira pessoa que fez a experiência com Jesus ressuscitado e logo compartilhou a sua experiência com os demais apóstolos.

Se, com o Golpe de Estado, 2016 foi um ano trágico para o povo brasileiro, sinais proféticos brotavam em outras terras. Em 03 de junho daquele ano, o Papa Francisco elevou Maria Madalena do grau de “memória” para o de “festa”, equiparando-a com os apóstolos.

Com essa iniciativa, Francisco pretende destacar a importância de Maria Madalena, como exemplo de verdadeira e autêntica evangelizadora, uma mulher que mostrou um grande amor por Jesus e por ele foi amada.

A decisão de Francisco é um passo importante no caminho para a igualdade entre mulheres e homens também na igreja romana.

De um lado, é importante perceber o protagonismo desta Apóstola dos Apóstolos nas comunidades cristãs das origens como força para hoje buscarmos o reconhecimento pleno das mulheres.

De outro, é igualmente importante desconstruir a injustiça histórica que se fez com Madalena. Tudo começou com o papa Gregório Magno (540-604) que propagou a ideia de que Madalena era prostituta. A partir de uma leitura equivocada de Lc 7,36-50, Gregório identificou a pecadora, que unge os pés de Jesus, com Madalena. No ido ano de 596, ensinou aos seus fiéis, na catedral de Milão, que o exemplo dessa mulher impura e prostituta, porém santa convertida, deveria ser seguido por todas as pessoas. Gregório Magno podia estar imbuído de piedade, querendo apresentar Madalena como modelo de pecadora arrependida. Porém, ao assim apresentar a maior líder do movimento de Jesus nas comunidades joaninas, Gregório revela o quanto estava imerso na estrutura patriarcal de uma igreja que, entre outras, até hoje não aceita a igualdade de gênero em todas as suas instâncias. E acusar Maria Madalena de uma falha moral deslegitima sua autoridade e liderança, dificultando a luta das mulheres por igualdade. Daí a importância de redescobrir o papel exercido por Maria de Magdala, Galileia, na continuidade do movimento de Jesus.

Para compreender o protagonismo de Madalena na continuidade do movimento de Jesus, você poder ler, na sequência, o artigo de Mercedes Lopes.

Papa eleva celebração de Santa Maria Madalena a festa litúrgica [Ildo Bohn Gass]

Escultura da “Santa Ceia” na Igreja de Santa Maria Madalena (Foix, França)

 

situs judi bola AgenCuan merupakan slot luar negeri yang sudah memiliki beberapa member aktif yang selalu bermain slot online 24 jam, hanya daftar slot gacor bisa dapatkan semua jenis taruhan online uang asli. idn poker slot pro thailand

Seu carrinho está vazio.

mersin eskort