Reflexão do Evangelho

5º domingo do tempo comum – Ano C – Por causa da Palavra, avançar em águas mais profundas

 

“Deus nos chama para colaborarmos na construção do seu reinado e da sua justiça. Para acontecer o sonho de Deus é preciso haver uma mudança de vida pessoal e comunitária. A conversão passa pela experiência de cada ser humano. Deus é Encontro. Ele toma iniciativa de nos chamar e nos propor o vazio, para dar lugar ao novo. Como Isaias e Paulo que se esvaziaram de seus interesses pessoais e de suas convicções de crenças políticas-religiosas. E, assim livremente se comprometeram em seguir o Senhor denunciando as realidades sofridas pelo sistema de morte e anunciando a salvação”.

 

A reflexão é de Rabeca Peres da Silva, leiga. Ela é graduada em teologia pela Escola Superior de Teologia e Espiritualidade Franciscana – ESTEF (2004) e possui Mestrado em Teologia na área de concentração Bíblica pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUCRS (2007). Atualmente é animadora do Movimento Laudato Si’ e membro da Pastoral da Ecologia Integral.

 

Leituras do Dia

1ª Leitura – Is 6,1-2a.3-8
Salmo – Sl 137,1-2a.2bc.4-5.7c-8 (R. 1c.2a)
2ª Leitura – Cor 15,1-11
Evangelho – Lc 5,1-11

 

As leituras nos interpelam para ouvir, esvaziar-se de si mesmo e se colocar a caminho diante do chamado do Senhor.

 

Na primeira leitura (Is 6,1-2a.3-8) o profeta Isaias está no santuário e tem uma visão. Ele vê o Senhor, rei dos Exércitos. Para o profeta o encontro é inesperado, de um lado o santo rei e do outro, ele, o homem de lábios impuros que vive no meio de um povo de lábios impuros, sente-se perdido. Seus lábios são tocados por uma brasa que remove a sua iniquidade e perdoa os seus pecados. Em seguida ele ouve a voz do Senhor : “Quem irei enviar? Quem irá por nós?” a resposta de Isaias vem logo: ”Eis-me aqui, envia-me a mim.”

 

A expressão “lábios” significa honestidade e coerência entre a palavra e a ação. Os lábios impuros que o profeta fala, retratam as injustiças, as mentiras, e a corrupção praticadas pelas autoridades civis e religiosas da época. A experiência que teve com Deus o fortaleceu a prosseguir no caminho da verdade e da justiça.

 

Na segunda leitura (Cor 15,1-11) Paulo recorda à comunidade dos coríntios o evangelho anunciado por ele, relata a morte, sepultamento e ressurreição de Jesus segundo as escrituras. Ele segue contando dos testemunhos históricos que viram O ressuscitado. Eis os elencados: Cefas, os Doze, a mais de quinhentos irmãos, a Tiago, a todos os apóstolos, e em último lugar apareceu pra ele. Paulo não se sente merecedor de ser chamado de apostolo, pois perseguiu a igreja. Mas a graça o fez se apaixonar por Jesus e anunciar o evangelho do Ressuscitado a todas as nações.

 

Uma observação: Por que Paulo não menciona a apostola Maria Madalena, anunciada nos evangelhos, como a primeira a ver Jesus Ressuscitado? Por que este silêncio às mulheres?

 

No evangelho (Lc 5,1-11) Jesus está à beira do lago de Genesaré. A multidão se apertava ao redor dele para ouvi-lo. Jesus subiu na barca de Simão e pediu para ficar afastado um pouco da terra e ensinava as multidões. Quando acabou de ensinar disse a Simão: “avance para aguas mais profundas, joguem suas redes para a pesca”. Simão disse que haviam trabalhado a noite inteira e nada conseguiram pegar, e acrescentou: “mas por causa da tua Palavra jogarei as redes”. Tendo feito apanharam muitos peixes e ainda encheram duas barcas. Simão atirou-se aos pés de Jesus e disse : “afasta-te de mim Senhor, pois sou um pecador”. Jesus disse a Simão: “não tenha medo. A partir de hoje você vai ser pescador de pessoas”. Logo, reconduziram as barcas à terra, deixaram tudo e o seguiram.

Algumas reflexões sobre as leituras

 

“Deus nos chama para colaborarmos na construção do seu reinado e da sua justiça. Para acontecer o sonho de Deus é preciso haver uma mudança de vida pessoal e comunitária. A conversão passa pela experiência de cada ser humano. Deus é Encontro. Ele toma iniciativa de nos chamar e nos propor o vazio, para dar lugar ao novo. Como Isaias e Paulo que se esvaziaram de seus interesses pessoais e de suas convicções de crenças políticas-religiosas. E, assim livremente se comprometeram em seguir o Senhor denunciando as realidades sofridas pelo sistema de morte e anunciando a salvação”.

 

Deus sempre deseja uma relação de proximidade com a humanidade ferida. O encontro contemplativo com o Senhor nunca é estéril, se for com honestidade e sinceridade de nossa parte. Diante da crise socioambiental que se agrava rapidamente, por causa da ação humana, chegou a hora de refletir, debater , ir as fontes da Palavra de Deus, rezar e agir com ações de vida sustentável e integral para o planeta.

 

Jesus também nos ensina a não ficarmos parados no caminho, deslumbrados pelo milagre em si mesmo, mas é preciso dar outros passos para segui-lo, deixar tudo, e escolher viver apenas com o essencial. No mundo neoliberal de morte, fome, doenças e desprezo pelas vidas, urge repensar que modelos econômicos, sociais, políticos e religiosos queremos para nós e as gerações futuras????

 

Jesus nos orienta ao encontro profundo com as pessoas, sermos pescadores de pessoas e, também, se deixar pescar. “É necessário voltar a sentir que precisamos uns dos outros, que temos uma responsabilidade para com os outros e o mundo, que vale a pena sermos bons e honestos”, LS 229. Nesse sentido é fundamental ouvir, acolher a voz da mãe-terra, das mulheres, dos jovens, dos mais velhos, dos indígenas, quilombolas, LGBTQIAP+, cientistas, ambientalistas, entre outros marginalizados pelo sistema de morte.

 

proposta de Jesus é de alargar-se nas águas profundas, buscando soluções na própria realidade inserida e dentro de si mesma, sem medo, sem preconceitos, sem arrogâncias, com diálogo sincero, respeitando os saberes de todos, e assim guiados pela força da Ruah ressurgir novos paradigmas.

 

Deus pai e mãe nos inquieta com seus apelos? A quem enviar, para falar em nome de Deus crucificado nas vidas descartadas? Qual pesca precisa ser recomeçada, no meu interior, na igreja e na sociedade?

 

Vamos reaprender a “jogar as redes”, vencer a superficialidade e adentrar-se ao fundo da realidade. Avancemos com coragem e humildade, precisamos nos esvaziar, para dar espaço para a graça de Deus nos falar. E com respeito pelas diferenças e muito amor vamos mergulhar nas águas da nossa igreja, desvelando a história que garante direitos iguais às mulheres. Nas águas profundas encontramos exemplos de nossas antepassadas diaconisas, apóstolas, profetisas, mártires e outras lideranças essenciais para caminhada da igreja. Elas vão emergir e ajudar a iluminar esses tempos difíceis. Precisamos limpar nossos lábios, deixar as perseguições e nos apaixonar de verdade por Jesus. Enquanto há essa desigualdade no interior de nossa igreja, como podemos sentir que amamos por inteiro o Senhor que nos fez a sua imagem e semelhança? Por que não aceitamos a participação das mulheres como coordenadoras e pastoras de dioceses e paroquias?

 

A igreja precisa de profundas mudanças nas relações interpessoais. Nas águas profundas rever o protagonismo das leigas e leigos da igreja. Estes e estas devem ser tratados como muito carinho. Estão exercendo seus direitos de estudar e pesquisar Teologia?? Sabemos que é um curso que, infelizmente, não está na possibilidade financeira de todos que o desejam. A teologia deveria ser algo comum para todos os cristãos e cristãs, pois é uma ferramenta que fortalece nossa mística e nossa prática no seguimento a Jesus. Somos agraciadas e agraciados por Deus que nos chama, nos quer, nos ama e nos anima a prosseguir, confiantes na palavra de Jesus: “Não tenha medo”.

 

Inspirados e inspiradas pelo pescador Pedro e pelo profeta Isaias responderemos:

– Por causa de Ti, Deus pai e mãe da Vida e de toda Criação, não desistirei, lançarei novamente as redes e Te direi: Aqui estou! Envia-me!

– Por causa de Ti, Deus pai e mãe da Vida e de toda Criação,  não desistiremos, lançaremos as redes e Te diremos: Aqui estamos! Envia-nos!

 

Fonte: Portal do Instituto Humanitas-UNISINOS/Adital

Liga228 situs judi bola merupakan situs judi bola online dengan pasaran terlengkap.

Kunjungi situs judi bola terlengkap dan terupdate seluruh asia.

Situs sbobet resmi terpercaya. Daftar situs slot online gacor resmi terbaik. Agen situs judi bola resmi terpercaya. Situs idn poker online resmi. Agen situs idn poker online resmi terpercaya. Situs idn poker terpercaya.

situs idn poker terbesar di Indonesia.

List website idn poker terbaik.

Game situs slot online resmi

slot hoki terpercaya

slot terbaru

rtp slot gacor

agen sbobet terpercaya

slot online judi bola terpercaya slot online terpercaya judi bola prediksi parlay hari ini

Seu carrinho está vazio.