Bem vindo(a) ao CEBI ! (51) 3568-2560

São Paulo vai ter primeira delegacia da mulher 24 horas

São Paulo vai ter primeira delegacia da mulher 24 horas
16 de agosto de 2016 Centro de Estudos Bíblicos
São Paulo vai ter primeira delegacia da mulher 24 horas
No mês em que a Lei Maria da Penha completa 10 anos, uma boa notícia: a partir do final de agosto, a cidade de São Paulo vai contar com a primeira delegacia da mulher 24 horas de todo o país.
A novidade vem principalmente depois de campanhas da Rede Minha Sampa pela ampliação do horário das delegacias especializadas. Além de um abaixo assinado, que desde o fim de maio acumulou 20 mil e ainda recebe assinaturas, o grupo Mulheres Mobilizadas, integrante da rede, realizou uma intervenção artística na Avenida Paulista. O intuito foi chamar atenção à falta primordial que ter uma delegacia especializada disponível em qualquer horário faz na vida de quem precisa. "Apanho na sexta à noite e na segunda já perdi a coragem de denunciar", dizia um dos cartazes do ato.

No mesmo dia, o governo do estado declarou que a capital vai ter, até o fim de agosto, uma delegacia da mulher 24h. Aberta sete dias por semana, será a 1ª DDM, na Sé. "Precisamos comemorar o resultado e continuar firmes na luta, afinal, uma só delegacia não será suficiente", declara a Rede Minha Sampa, pelo Facebook. "Só de janeiro a abril desse ano, nosso estado registrou, em média, um caso de estupro por hora. Não podemos deixar que o poder público pense que uma única delegacia resolve a questão".

"Quanto mais rápido ela puder denunciar, maiores as chances de encontrar o agressor – e mais rápido ela vai receber as informações sobre a necessidade de fazer um exame de corpo de delito ou onde encontrar ajuda psicológica", explica Anna Lívia Arida, diretora executiva da Rede Minha Sampa. "Estudos mostram que quase 70% dos casos de estupro acontecem entre 18hs e 6hs da manhã, e é justamente nesse período que as delegacias estão fechadas".