Bem vindo(a) ao CEBI ! (51) 3568-2560

Mineração em terras indígenas

Mineração em terras indígenas
24 de junho de 2016 Centro de Estudos Bíblicos
Mineração em terras indígenas
#MineraçãoEmTerraIndígena: Atividade minerária em Terra Indígena (TI) é ilegal, como previsto na Constituição no artigo 231. Mesmo assim, a cobiça não se farta. São mais de 4 mil processos de requerimento minerário em Terras Indígenas, colocando na mira 34% das TIs da Amazônia.

HIDRELÉTRICAS E MINERAÇÃO, UMA LIGAÇÃO

Estamos assistindo ao polêmico projeto da canadense Belo Sun Mining para explorar a maior reserva de ouro do Brasil (150 toneladas, cinco vezes mais do que foi extraído em Serra Pelada) a 11km de Belo Monte e 13km de uma Terra Indígena, no Rio Xingu. A empresa pretende usar cianeto e o risco de contaminação das águas é enorme. Além disso, o engenheiro responsável pela barragem de rejeitos é o mesmo engenheiro que assinou a barragem da Samarco.

Se a proximidade com a hidrelétrica de Belo Monte parece coincidência, leia o próximo caso também no Pará, agora no rio Tapajós. A TI Sawré Muybu está no caminho do projeto de construir mais um megacomplexo hidrelétrico na Amazônia. Mas os interesses naquelas terras são muito outros: de maneira menos alardeada, essa TI têm dezenas de processos de "títulos de atividade minerária, como pesquisa e lavra para ouro e diamante".