Bem-vindo ao CEBI! (51) 3568-2560 | [email protected]

Amazônia em debate com Dom Erwin Kräutler

Amazônia em debate com Dom Erwin Kräutler
2 de agosto de 2010 Centro de Estudos Bíblicos
Amazônia em debate com Dom Erwin Kräutler

Com apoio do CEBI, do CECA e de outras entidades, a Unisinos está organizando uma série de três encontros com Dom Erwin Kräutler, bispo da Igreja Católica no Xingu, defensor dos povos indígenas e da Amazônia. Ferrenho opositor da construção da Usina de Belo Monte e do modelo ambiental depredador implantado pelo governo brasileiro através do PAC, Dom Erwin sofre muitas ameças de morte por parte do poder de latinfundiários na região. 

Apresentação

Os grandes projetos do governo brasileiro para a Amazônia, particularmente os projetos de construção de Hidroelétricas nos rios Madeira, Tapajós e Xingu têm gerado muita polêmica e dividido opiniões entre o governo, ambientalistas, movimentos sociais e políticos, além de encontrar grande resistência entre os amazônidas, principalmente dos povos ribeirinhos e indígenas. A posição do governo e de todos aqueles que defendem a importância desses projetos para o desenvolvimento econômico brasileiro conta com a oposição daqueles que se preocupam com as consequências e impactos sociais e ambientais, prospectando grandes prejuízos para o equilíbrio social e ambiental naquela região, com repercussões que extrapolam os limites da Amazônia. Em meio ao conflito de opiniões e posições, D. Erwin Kräutler, presidente do Conselho Indigenista Missionário (CIMI) e bispo da Prelazia do Xingu (ICAR), desponta como um dos melhores conhecedores da realidade socioambiental da Amazônia e um dos principais defensores dos interesses dos povos indígenas e ribeirinhos e do cuidado com o meio ambiente naquela região. Atualmente, apresenta-se como um grande conhecedor do processo de implantação da Belo Monte no Rio Xingu e uma forte liderança a enfrentar o debate público sobre os riscos da construção dessa hidroelétrica.

Realização

Início: 05 de agosto de 2010

Término: 06 de agosto de 2010

Horário: conforme programação

Duração: 5h

Local: Sala Ignacio Ellacuría e Companheiros Instituto Humanitas Unisinos – IHU Av. Unisinos, 950 – Bairro Cristo Rei – SL

Objetivos:

– Promover um debate público sobre o projeto da Hidroelétrica Belo Monte e as perspectivas de impactos socioambientais para a Amazônia;

– Debater a situação dos povos indígenas na Amazônia frente aos projetos de desenvolvimento do governo brasileiro;

– Promover um diálogo sobre desafios e possibilidades da presença e atuação da Igreja na Amazônia. Público-lvo Professores(as), pesquisadores(as), estudantes universitários(as) e comunidade em geral

Investimento Evento gratuito

Coordenação
Prof. Dr. Inácio Neutzling – Profa. Dra. Cleusa Maria Andreatta – MS Ana María Formoso Galarraga

Promoção

Universidade do Vale do Rio dos Sinos – Unisinos

Instituto Humanitas Unisinos – IHU

APOIO

ASAV – Associação Antônio Vieira
CEBI – Centro de Estudos Bíblicos São Leopoldo
CECA – Centro Ecumênico de Capacitação e Assessoria
CNBB – Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – Regional Sul 3/RS
CEPA – Centro de Espiritualidade e Pastoral Arturo Paoli
CRB/RS – Conferência dos Religiosos do Rio Grande do Sul Grupo de Teatro
Trilha Cidadã/CEPA – São Leopoldo

Informações
Linha Direta Unisinos: +55 (51) 3591 1122 / +55 (51) 3591 1122
Email: [email protected]
www.unisinos.br/eventos
www.ihu.unisinos.br