Bem vindo(a) ao CEBI ! (51) 3568-2560

Quem são os candidatos do agronegócio?

Quem são os candidatos do agronegócio?
17 de setembro de 2018 Centro de Estudos Bíblicos

por Liana Melo do Projeto Colabora*

ONG Repórter Brasil lança ferramenta interativa para eleitor monitorar postura dos postulantes à reeleição inimigos do meio ambiente e dos povos do campo

Dois em cada três deputados federais candidatos à reeleição este ano têm atuação legislativa nociva ao meio ambiente, aos povos indígenas e aos trabalhadores rurais. O MDB foi o partido mais hostil aos avanços no campo, tendo liderado a aprovação do conjunto de retrocessos socioambientais da atual legislatura. Seu contraponto no plenário da Câmara foi o Psol, seguido do PT. O parlamentar que personificou o pior desempenho na casa foi o tucano e ruralista Nilson Leitão, do Mato Grosso, autor do projeto de lei que altera a regulamentação do trabalho rural e inclui a possibilidade de que trabalhadores sejam pagos com comida e moradia.

O diagnóstico é da ONG Repórter Brasil, responsável pelo Ruralômetro – banco de dados interativo que avalia o comportamento dos deputados federais eleitos em 2014 diante da agenda socioambiental. Com a proximidade das eleições, a ferramenta foi atualizada, passando a contar com o botão “candidato 2018”, onde é possível o eleitor acompanhar o desempenho do candidato e se informar se o parlamentar cometeu crimes ambientais ou infrações trabalhistas, se é réu ou condenado no Supremo Tribunal Federal (STF), e quais deles são proprietários rurais.

Ou seja, 66,5% dos candidatos à reeleição votam e propõem pautas contrárias a agenda socioambiental

Dos 513 deputados federais, apenas 492 deles foram incluídos na plataforma. Motivo: dois deles morreram durante o mandato (os deputados João Castelo/ PSDB e Rômulo Gouvêa/ PSD) e 19 outros foram excluídos porque não pontuaram, ou seja, participaram de menos de duas votações no plenário sobre os temas avaliados. É o caso, por exemplo, do deputado cassado Eduardo Cunha, condenado na Lava Jato. A pontuação dos parlamentares foi calculada segundo os seguintes critérios: como cada um votou na legislatura 2014/2018 e quais foram os projetos de lei propostos.

Dos deputados avaliados pelo Ruralômetro, 373 deles estão disputando à reeleição e, pasmem, 248 tiveram atuação deplorável do ponto de vista socioambiental. “Ou seja, 66,5% dos candidatos à reeleição votam e propõem pautas contrárias a agenda socioambiental”, comentou Ana Magalhães, coordenadora de Jornalismo da Repórter Brasil. Entre eles estão os deputados Marco Antônio Cabral (MDB-RJ), Jerônimo Goergen (PP-RS), André de Paula (PSD-PE), Valdir Colatto (MDB-SC), Vicentinho Júnior (PR-TO) e Pedro Paulo (DEM-RJ). Entre os ex-ministros que querem manter sua cadeira na Casa, estão Leonardo Picciani (MDB-RJ), Osmar Serraglio (PP-PR) e Ricardo Barros (PP-PR). É, sem dúvida, uma ferramenta inédita de pesquisa para a campanha eleitoral de 2018.

No Ruralômetro, cada deputado foi pontuado dentro de uma escala equivalente ao que seria a temperatura corporal: de 36⁰C a 42⁰C. Quanto pior o impacto dos projetos que o parlamentar votou ou propôs, mais alta é a sua temperatura. Também é possível descobrir quais deputados têm multa no Ibama e quem foram os parlamentares que violaram a lei trabalhista e deixaram de recolher o INSS. Os filtros revelam ainda quais receberam financiamento de empresas autuadas por infrações ambientais ou flagradas por trabalho escravo na campanha de 2014. Segundo o levantamento, 57% dos eleitos receberam, ao todo, R$ 58,9 milhões em doações de empresas autuadas pelo Ibama por cometerem infrações ambientais. Outros 10% foram financiados com R$ 3,5 milhões doados por empresas autuadas por trabalho escravo.

Nilson Leitão, por exemplo, foi diagnosticado com “febre ruralista”, tendo atingido a temperatura de 42⁰C, enquanto Augusto Carvalho (SD-DF) ficou com 36,2°C. Carvalho é autor do projeto de lei que proíbe a administração pública de comprar móveis de madeira rara ou extraída ilegalmente. O deputado faz parte de um grupo de 35 deputados federais que tiveram atuações parlamentares avaliadas como favoráveis à agenda socioambiental. Navegar no Ruralômetro é um oportunidade rara de conhecer de perto a atuação dos parlamentares brasileiros em pautas fundamentais da agenda socioambiental. Cada bolinha do gráfico corresponde a uma biografia. Triste constatar que o agronegócio predatório tem aliados por todos os lados.

Publicado por Projeto Colabora.

Liga228 situs judi bola merupakan situs judi bola online dengan pasaran terlengkap.

Kunjungi situs judi bola terlengkap dan terupdate seluruh asia.

Situs sbobet resmi terpercaya. Daftar situs slot online gacor resmi terbaik. Agen situs judi bola resmi terpercaya. Situs idn poker online resmi. Agen situs idn poker online resmi terpercaya. Situs idn poker terpercaya.

situs idn poker terbesar di Indonesia.

List website idn poker terbaik.

Game situs slot online resmi

slot hoki terpercaya

slot terbaru

rtp slot gacor

agen sbobet terpercaya

slot online judi bola terpercaya slot online terpercaya judi bola prediksi parlay hari ini