Espiritualidades

Quaresma 2020 com o pastor Kinno Cerqueira – 27/03

SEXTA-FEIRA (27/03)

Hoje, trigésimo primeiro dia da Quaresma, você escuta Jesus em Jo 7,1-30. O cenário é o Templo de Jerusalém e o momento é a festa das Cabanas. Como se tratava de uma importante festa de peregrinação, Jerusalém está repleta de judeus provenientes de vários lugares. Sabendo que as autoridades religiosas (fariseus e sacerdotes-chefes) buscavam assassiná-lo, Jesus decide não peregrinar a Jerusalém com o seu povo, optando por caminhar até lá sozinho e às escondidas. Quando a festa estava na metade, Jesus sobe ao Templo e começa a ensinar.

Com suas palavras, Jesus afirma que as autoridades religiosas são assassinas e mais preocupadas com tradições e ritos do que com os problemas do povo. A multidão que o ouve fica dividida: uma parcela do povo o reconhece como o bom enviado de Deus; outra parcela, porém, acusa-o de ser um enganador e endemoninhado. As autoridades religiosas, uma vez desmacaradas, dá ordem a seus guardas para que prendam Jesus. Os guardas, contudo, retornam de mãos vazias. Quando interrogados sobre o porquê de não haverem prendido Jesus, os guardas respondem: “Jamais um homem falou como ele”.

As palavras de Jesus, necessariamente, geram divisão: seu modo de condenar os projetos de morte e de defender a opção radical pela defesa e promoção da vida exige que quem o ouve tome partido. Para Jesus, não existe centro: ou se está do lado da vida para todos e todas, ou se está do lado da morte. Jesus chama ao compromisso radical com a luta em prol da defesa e promoção da vida para todos e todas.

Oremos! Jesus, radicalizo meu compromisso de lutar pela vida e de opor-me a quaisquer projetos de morte. Amém!

Por pastor Kinno Cerqueira

situs judi bola AgenCuan merupakan slot luar negeri yang sudah memiliki beberapa member aktif yang selalu bermain slot online 24 jam, hanya daftar slot gacor bisa dapatkan semua jenis taruhan online uang asli. idn poker slot pro thailand

Seu carrinho está vazio.

mersin eskort