Bem vindo(a) ao CEBI ! (51) 3568-2560

Quaresma 2020 com o pastor Kinno Cerqueira – 30/03

Quaresma 2020 com o pastor Kinno Cerqueira – 30/03
30 de março de 2020 Comunicação

SEGUNDA-FEIRA (30/03)

Com o coração cheio de amor, aproxime-se da vida de Jesus.

Hoje, trigésimo quarto dia da Quaresma, você escuta Jo 8,1-11. Jesus desce do monte das Oliveiras para o Templo de Jerusalém. Sentado no Templo, Jesus ensinava ao povo que vinha a ele. Aparecem os escribas e os fariseus, os quais apresentam a Jesus uma mulher, dizem eles, apanhada em flagrante adultério. Na sequência, dizem a Jesus que, conforme a Lei de Moisés, tal ato deve ser punido com apedrejamento e, por último, pedem a Jesus que emita seu parecer sobre o caso. A primeira reação de Jesus é agachar-se e escrever na areia. Em seguida, levanta-se e diz: “Quem estiver sem pecado, atire a primeira pedra” e, agachando-se novamente, Jesus volta a escrever na areia. Todos se vão embora. Ficam apenas Jesus e a mulher. Jesus, levantando-se mais uma vez, faz a mulher perceber que seus acusadores não ousaram condená-la e, em seguida, diz-lhe: “Eu não te condeno. Vai, e de agora em diante, não peques mais”.

Nesse texto, estão presentes muitas imagens do Antigo Testamento. Jesus descendo do monte das Oliveiras faz lembrar Moisés descendo do monte Sinai com as tábuas de pedra com os Dez Mandamentos. Jesus sentado, ensinando, faz lembrar o modo como se sentavam os mestres de Israel para interpretar a Lei.

Jesus, desse modo, é apresentado como sendo portador das palavras de Deus e de sua interpretação. A diferença fundamental está no fato de que as palavras de Jesus não são escritas em tábuas de pedra (símbolo da dureza), mas na areia, visto que sempre podem ser reinterpretadas em vista de proteger e promover a vida.

O tempo passou, mas os escribas e fariseus daquele tempo permanecem vivos nas pessoas que continuam usando a Bíblia para legitimar o machismo e a condenação. Jesus, porém, convida cada pessoa a ler a Bíblia como ele a leu: procurando nela palavras de amor e liberdade.

Quais perguntas esse texto suscita em você? Como esse texto ilumina a sua vida e que caminhos lhe aponta?

Oremos! Jesus, ajude-me a compreender que as únicas palavras de Deus são aquelas que cabem na palavra amor. Amém.

Por pastor Kinno Cerqueira